Biografia

O Ituano Futebol Clube teve sua origem com a expansão da estrada de ferro em SP. Muitos clubes foram fundados no interior do estado por funcionários das diversas companhias de ferrovias, na primeira metade do século passado. Assim começa a história da Associação Atlética Sorocabana, fundada em 20 de maio de 1947 por funcionários da Estrada de Ferro Sorocabana, em Itu. Com as cores azul e vermelho, a Atlética Sorocabana disputou os Campeonatos Paulistas da 3ª divisão de 1955 a 1959, no estádio Souza Lima.

Nessa época, a cidade de Itu já contava com outra equipe: o Clube Atlético Ituano, que disputava a 2ª divisão e inclusive chegou a ser campeão da 3ª divisão, em 1954. Com o crescimento da rivalidade, em 1957 foi criada a Taça Cidade de Itu. Após dois jogos, com uma vitória pra cada lado, foi disputada uma terceira e decisiva partida, no estádio Souza Lima. A Sorocabana venceu por 2x1 e ficou com a Taça. O dia seguinte amanheceu com o muro do clube pintado com a seguinte frase: “Galo de Itu”, em referência à vitória da equipe. A partir desta data, o Galo tornou-se então o símbolo do clube.

Ainda como Atlética Sorocabana, disputou o Campeonato Paulista da 4ª divisão em 1963 e 1966. Foi neste ano que o clube mudou seu nome para Ferroviário Atlético Ituano, devido à estatização das ferrovias. Com o fim do CA Ituano, o Ferroviário Ituano começa a se consolidar no futebol paulista, mas só voltou a disputar o Campeonato Paulista em 1978, na 5ª divisão. Em 1980, com a reestruturação do futebol no estado, o Clube subiu junto com outras equipes para a 3ª divisão. E já em 1982, conseguiu o acesso para a 2ª divisão paulista.

Ainda na década de 80, o Ferroviário Ituano passou a utilizar as cores do extinto CA Ituano, trocando o azul e vermelho pelo rubro-negro. De 60 a 80 foram 7 trocas de distintivos, até o símbolo atual ser adotado em 1989. Depois de 8 anos disputando a 2ª divisão de São Paulo, o Ituano venceu a Ponte Preta na final de 1989 e subiu para a 1ª divisão. Com o novo acesso, veio a última mudança de nome: em 1990 surgia o Ituano Futebol Clube.

Logo no primeiro ano na 1ª divisão paulista, ainda sob o comando do técnico José Teixeira, o Ituano fez uma boa campanha e terminou em 5º lugar, além de conquistar o troféu de artilheiro do campeonato (Alberto – 12 gols). Em 1992 o Clube revelou o maior jogador de sua história: o pequeno “meia” chamado Juninho, que estreou no Campeonato Paulista após disputar algumas partidas na categoria Sub20. No ano seguinte o craque já chamava a atenção de grandes clubes brasileiros, sendo negociado com o São Paulo F. C. O jogador deixou o Ituano como artilheiro da equipe no Paulista daquele ano, com 9 gols. Após uma ótima passagem pelo clube da capital, Juninho foi contratado pelo Middlesbrough, da Inglaterra, onde se consagrou na Premier League. Atuou ainda pela seleção brasileira, conquistando o Pentacampeonato Mundial em 2002, na Coreia e no Japão.

O Ituano retornou à segunda divisão duas vezes: em 1994 e 1999. Foram 5 anos disputando a Série A2 do Paulista. Quando subiu, em 2001, conquistou o principal título de sua história: foi campeão Paulista de 2002, numa disputa por pontos corridos sem a presença dos clubes grandes, que optaram em disputar o Torneio Rio-São Paulo. Foram 11 vitórias em 22 partidas, sendo a última contra o América, em São José do Rio Preto, garantindo o título. O técnico Ruy Scarpino montou o elenco e saiu nas últimas rodadas, dando lugar para Ademir Fonseca.

Na 1ª divisão paulista desde 2002, o Ituano conseguiu acesso para disputar alguns campeonatos nacionais, já tendo participado de 5 Brasileiros da Série C (1994, 1995, 2000, 2001 e 2002). No ano seguinte do título Paulista, o Clube venceu o Brasileiro da Série C e conseguiu acesso para a Série B. Foram 10 vitórias em 18 jogos, sob o comando do técnico Ruy Scarpino. O Ituano disputou a 2ª divisão do futebol brasileiro de 2004 a 2007 e sua melhor participação foi em 2004, quando ficou em 6º lugar. Participou da Série C em 2008 e da Série D em 2009.

Em 2009 o ídolo Juninho Paulista retornou ao Ituano, atuando como gestor do Clube. Na nova posição, iniciou um processo de reestruturação interna e modernização do estádio Novelli Júnior, além da recuperação das categorias de base e formação de um elenco competitivo, capaz de retomar a disputa dos Campeonatos Brasileiros com planejamento e solidez. Com os apoios da Prefeitura, do comércio, da indústria e dos torcedores da cidade, o Galo de Itu quer mostrar a sua força. Esta é a missão do Ituano Futebol Clube.

Estádio

O Estádio Municipal Doutor Novelli Júnior é a casa do Ituano.

Inaugurado em 25 de maio de 1947 – e reinaugurado em 28 de março de 1954, originalmente com 15 mil lugares, o Estádio recebeu obras de ampliação e modernização em 2010 que, não só ampliaram sua capacidade para 19 mil cadeiras, mas também envolveram a melhoria de vestiários, túneis de acesso ao campo, sala de imprensa e iluminação, praticamente triplicada com as quatro novas torres de refletores.

Temporadas

CAMPEONATO PAULISTA 2014 - CAMPEÃO
2013 - CAMPEONATO PAULISTA

Diretoria

GESTOR | JUNINHO PAULISTA

O Ituano é gerido pela maior revelação de sua história: Juninho Paulista. Destaque do Sub 20 em 1992, o meia acumulou conquistas no São Paulo, Middlesbrough e na seleção brasileira. Retornou ao Clube em 2009, ainda como eterno craque e agora como gestor.

hino

Galo rubro-negro altaneiro
Forte, valente e audaz
És um gigante guerreiro
Ituano você é demais

Vencedor, sempre em frente
Não há ninguém como tu
Joga essa bola na rede
Ah, rubro-negro de Itu

Olê olá pode o mundo se acabar
Olê olê vamos sempre com você
Não há ninguém como tu
Ah, rubro-negro de Itu

Ituano, Ituano, Ituano…
Que coisa linda, és o maioral!
Dentro do campo, um só pensamento
Outra vitória, seu lema é ganhar

Tua bandeira balança
Distinto e amado barão
A grande massa proclama
Ituano é o grande campeão!


Composição: Carlos Roberto de Jesus Polastro

Ouça o Hino do Ituano

mascote

O mascote do Ituano é o galo, personagem que surgiu em 1957, quando a equipe ainda se chamava Associação Atlética Sorocabana e conquistou a Taça de Itu.

No dia seguinte, o muro do Clube
amanheceu pintado com a seguinte frase: “Galo de Itu”. Desde então este é o
símbolo do time.

Em 2013 o Galo Rubro-negro passou por uma reformulação, ganhando traços mais modernos e pinta de quem entra em
campo sempre para vencer e nunca
foge da luta. Esse é o espírito do Ituano.

Copyright © 2013 - Ituano Futebol Clube. Todos os direitos reservados.