Ituano busca sequência positiva em casa


9 de junho de 2017 | Notícias

Ituano fará dois jogos seguidos em casa pela Série D. Neste sábado enfrenta o Metropolitano em busca de mais uma vitória.

Após jogar duas partidas fora de casa pela Série D, o Ituano agora tem dois jogos no Novelli Júnior para buscar a classificação para a próxima fase do campeonato. Neste sábado enfrenta o Metropolitano de Blumenau a partir das 17 horas. No outro sábado recebe os paranaenses do PSTC. O time quer fazer valer o fator casa como no ano passado quando venceu os dois jogos diante de sua torcida e garantiu classificação. “No primeiro jogo aqui, tivemos o espírito muito bom e isso conta. E lá, foi um jogo difícil, mas comandamos a maioria do jogo também. Depois vimos o jogo novamente e acho que merecemos realmente a vitória. Poderíamos até termos feito um outro gol, mas não conseguimos fazer. Claro que a gente quer, primeiro ganhar o jogo e ter o resultado, e que depois o desempenho vai melhorando. Mas estou contente também com o que a gente vem apresentando. Se formos levar em consideração, esse grupo tem três, quatro semanas que estamos treinando. Chegou muita gente nova. Mas temos um outro jogo agora pela frente. Acho que a cada jogo a gente vem melhorando em alguns aspectos. Isso é natural e é isso o que a gente espera” disse o técnico Roque Júnior. “Sabemos da dificuldade do campeonato. Sabemos que a Série D é um campeonato difícil. Mas o pensamento de todos é esse. Tenho certeza que se for pela nossa dedicação e nossa vontade, vamos vencer esses dois jogos em casa e se classificar, que é o primeiro objetivo” acrescentou o volante Jô.

Em 3 rodadas o Ituano somou 6 pontos e divide a liderança do grupo com o São José de Porto Alegre. Além de buscar a classificação, existe uma preocupação de melhorar o saldo de gols. No momento o time gaúcho está na frente do Ituano, que tem saldo positivo de um gol contra saldo de 5 gols do São José. “A gente tem que treinar. Principalmente nesse jogo, aconteceu nos últimos 15 minutos. A gente deixou de ter a bola e ficou um pouco mais espaçado. Mas no primeiro tempo, até os 30 minutos do segundo tempo conseguimos de certa maneira jogar. Acho que no finalzinho que a gente acabou não conseguindo manter a bola no campo deles. Mas acho que tem melhorado jogo após jogo. E treinamos essa semana justamente também pensando nisso para conseguir fazer um bom jogo nesse aspecto. De conseguir manter a bola no campo do adversário” explicou Roque Júnior. Para Jô, algo mais tem atrapalhado um melhor desempenho da equipe. “O fator casa vai nos ajudar. Porque o nosso campo é muito bom. Todos podem ver que enfrentamos dois times em campos ruins. Atrapalhou um pouco a nossa qualidade. Mas dentro da nossa casa, com campo bom e time com qualidade, vamos sair com uma boa vitória e mostrar um bom futebol para o torcedor. E para nós mesmos, que estamos devendo um pouco esse bom futebol” comentou o volante.

O técnico Roque Júnior, que não confirmou se haverá alteração na equipe para o jogo deste sábado, ganhou mais um reforço. Foi apresentado nesta semana o zagueiro Rogério de 33 anos e que fez a base no Cruzeiro de Belo Horizonte e que jogou no XV de Piracicaba, Portuguesa, Linense, Criciúma e já participou de um acesso no Brasileiro com o Joinville. “A gente chega com a competição em andamento e para poder ajudar. Sabemos a equipe que vem jogando e que está bem. Na hora que surgir a oportunidade tenho que estar preparado. É uma divisão difícil de se jogar a Série D, mas já tive a oportunidade de jogar. Então a gente chega para poder ajudar da melhor forma. E esperamos poder classificar primeiro para depois conhecer o nosso adversário no mata-mata. Mas o primeiro objetivo é classificar. Não adianta a gente pensar no acesso se não classificar. Ir em degrau por degrau. E a experiência que a gente tem, vem para ajudar. Vejo que é um grupo de jovens. Um pouquinho mesclado com alguns mais velhos que eu conheço. Estou muito feliz de poder estar aqui no Ituano. Tive vários companheiros que jogaram aqui e passaram coisas boas. Espero vir aqui e fazer o meu melhor para poder ajudar e chegar ao principal objetivo que é subir o clube para a Série C” disse Rogério. “O bom é que está todo mundo treinando bem. E o que eu sempre passo no dia a dia é que qualquer um pode jogar, desde que mostre. Vão ter as oportunidades. Estão aqui no grupo e todos tem condições de jogar. Não fico pensando tanto em quem vou tirar ou quem pode jogar. Muda um pouco a característica, é claro, dependendo do jogo. Mas o que eu me sinto bem é de ter todo mundo treinando bem e com possibilidade de jogar” finalizou Roque Júnior.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP
8/junho