A década da reconstrução do Ituano


29 de dezembro de 2020 | Notícias

Estádio Novelli Júnior modernizado e reformado

Em 10 anos, Ituano modernizou seu estádio, construiu o CT, retornou com a base, fortaleceu o profissional e voltou ao Brasileiro.

O jogo do último sábado no Novelli Júnior foi o último de 2020 e desta década. Mesmo com a derrota, o Ituano segue em primeiro no grupo C pelos gols marcados. Há um tríplice empate com 4 pontos, junto com Vila Nova e Santa Cruz. E ainda tem o catarinense Brusque com 3 pontos. A disputa acirrada pelas duas vagas de acesso a Série B em 2021 terminará só em janeiro. Termina o ano e não o campeonato. Mas, terminou uma década de reconstrução do Ituano. Uma realidade muito diferente de dez anos atrás do clube que estava na Série A1, mas que vivia ameaçado do rebaixamento. Não tinha categoria de base, pois tinha sido desativada há três anos, e ainda estava fora do cenário nacional. Para completar sua estrutura era muito pequena, não havia centro de treinamento e ainda tinha dívidas a pagar. Nestes dez anos muita coisa mudou no Ituano FC.

Com uma gestão profissional iniciada em junho de 2009, fez o básico. Procurou parcelar e pagar suas dívidas, e não gastou mais do que a receita. Resultado, os elencos para os Campeonatos Paulistas não eram fortes. Mas o suficiente para se manter na 1ª divisão. Seguiu fugindo do rebaixamento nas últimas rodadas em 2011, 2012 e 2013. Sem participar de uma competição nacional, a diretoria e comissão técnica usavam a participação na Copa Paulista, competição do segundo semestre que vale vaga para a Série D, para testar e montar o elenco do Paulista do ano seguinte. Simultaneamente, em 2011 realizou suas primeiras avaliações de jovens atletas, para a montagem dos elencos sub 15 e sub 17. Com este trabalho centrado e criterioso, conseguiu chegar ao elenco do Paulista de 2014. A conquista do título Estadual foi vencendo o São Paulo no Morumbi, o Palmeiras no Pacaembu pela semifinal, e o Santos na final. O Ituano estava mudando sua realidade.

A base começava a revelar atletas. Tanto que neste título estavam os três primeiros destaques. O zagueiro Léo Santos, o atacante Marcão, atualmente no futebol chinês, e o meia atacante Clayson que fez 5 jogos na campanha vitoriosa. Clayson hoje está no Bahia, depois de jogar na Ponte Preta e Corinthians. Neste ano de 2014, o sub 20 chegou a semifinal do Paulista, o sub 17 chegou as 8as de final e o sub 15 as 4as de final. Na Copa São Paulo Júniores chegou as 4as em 2016. Foram as melhores campanhas da base. No ano passado, o sub 20 chegou novamente a semifinal e o sub 17 chegou as 4as de final. Atualmente no futebol europeu estão três jovens que saíram deste trabalho. O zagueiro Luiz Felipe, titular na Lazio. O meia João Felipe no Slavia Praha. E o maior destaque, o atacante Gabriel Martinelli no Arsenal. A filosofia de valorizar a base é tão presente no Ituano que desde junho de 2014, na estreia da Série D, em todos os jogos, pelo menos um atleta da base está em campo jogando. São mais de 200 jogos ininterruptos com alguém da base em campo.

Foi justamente em 2014 que o Ituano voltou ao cenário nacional. Chegou as 8as da Série D. Em 2015 disputou a Copa do Brasil e fez sua melhor campanha. Foi eliminado pelo Internacional de Porto Alegre nas 8as de final. Em 2016 foi eliminado pelo CSA na Série D nas 4as. Em 2017 foi campeão do Troféu do Interior, mas não foi bem na Série D. Em 2018 chegou as 4as de final no Paulista conseguindo novamente a vaga para a Série D. E finalmente no ano passado conseguiu o acesso para a Série C jogando contra o Itabaiana no interior de Sergipe. Um detalhe chama atenção. Nestes 10 anos, trabalharam apenas 7 técnicos no profissional. Junto com a melhoria do rendimento das equipes e o crescimento das categorias de base, o Ituano aproveitou o momento anterior da Copa de 2014 para conseguir investimentos e modernizar sua estrutura física. O estádio Novelli Júnior tem um gramado impecável, e acomodações confortáveis para os torcedores, imprensa e times. Além de no próprio complexo esportivo, ter construído três campos que são utilizados como centro de treinamentos. Que venha o próximo ano! Que inicie a próxima década!

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP