A emoção de quem veio da base


5 de novembro de 2021 | Notícias

Zagueiro Mateus Silva conquista segundo acesso

Mateus Silva chegou em 2012 no sub 17. E foi titular nos dois acessos conquistados pelo Ituano.

Desde início da Série D 2014, o Ituano sempre teve em campo pelo menos um atleta que veio da base. Começou com o zagueiro Léo Santos e o atacante Marcão. Na disputa da Série D de dois anos atrás que conseguiu o acesso, 8 atletas que vieram da base participaram da campanha. Na atual campanha são 11 atletas que vieram base, sendo que o goleiro Luiz Fagnani, lateral Madison, meio campo Aluísio e o atacante Marcelo subiram este ano. Dois atletas da base participaram dos dois acessos. Os zagueiros Bernardo, subiu em 2019, e o Mateus Silva que foi titular nas duas campanhas. “Significa muito para mim, pessoalmente. Cheguei aqui na base atrás de um sonho e hoje conquistamos este acesso. Estou muito feliz. Em 2019 conquistamos o acesso para a Série C. Jogar a Série D que é muito difícil. O clube tem um projeto a longo prazo, um projeto maravilhoso. Fazer parte disto aqui me deixa muito orgulhoso. Minha família também está muito feliz em Marilac, em Minas. Espero poder ajudar o máximo possível. É um sonho que estamos realizando. O clube merece chegar a este patamar. Jogar na mesma temporada o Paulistão e também a Série B. Vamos seguir forte e conquistar outras coisas com o Ituano” comentou mineiro de 26 anos.

Mateus Silva chegou na base do Ituano em 2012 para a categoria sub 17. Subiu para o profissional em 2016 quando fez sua estreia na Copa Paulista. No ano seguinte disputou seu primeiro Brasileiro. Ele fez dois jogos na Série D de 2017. Em 2018 o Ituano ficou fora da competição nacional e retornou em 2019 para chegar às semifinais da Série D e conseguir o acesso. Mateus Silva jogou as 14 partidas da campanha. Na atual Série C a competição é maior e claro o elenco precisa estar reforçado e maior. Mateus dividiu a titularidade com outros três zagueiros formando duplas segurar que garantiram a boa campanha. “A Série C tem mais jogos e claro o elenco é maior. O grupo estava muito empenhado e todos tiveram oportunidades e aproveitaram bem as chances que foram dadas. Eu fui muito feliz em jogar a Série D e agora titular na Série C. Foi muito bom e importante para mim. Um grupo muito bom. Chegaram jogadores experientes e que ajudaram muito” explicou Mateus Silva. Os outros zagueiros da campanha são Matheus Mancini, Bernardo, Lucas Dias e Guilherme. O próprio Léo Santos jogou as 4 primeiras rodadas, antes de ser emprestado ao Cruzeiro.

O principal objetivo que era o acesso foi atingido, mas o elenco, comissão técnica e diretoria querem mais. Após o jantar ainda em Criciúma, no jogo que garantiu a subida para a Série B, o técnico Mazola Júnior avisou o elenco do novo objetivo e deu nova ordem de comando. “Sim, temos jogos a ganhar. Nossa meta é ir para final. Chegando na final vamos em busca do título. Queremos ganhar o título. Vamos fazer história. Só os vencedores serão lembrados. Estou muito feliz em deixar meu nome gravado na história do clube com dois acessos, mas queremos o título também” lembrou Mateus Silva que em 2017 sentiu o gosto de ser campeão do Troféu do Interior. Foi um aperitivo. O sabor de uma conquista no Brasileiro é muito melhor. O Ituano recebe neste sábado no Novelli Júnior o Botafogo de João Pessoa que tem o mesmo objetivo. O jogo começa às 17 horas e os ingressos estão à venda até o início da partida que terá transmissão pela TV Band Mais e pelo streaming DAZN.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Caio Marcelo
Fotografia

5/novembro