A experiência de Gerson Magrão


19 de outubro de 2021 | Notícias

Gerson Magrão comemora a virada contra o Paysandu

Os conselhos de Gerson Magrão na semana passada deram certo. Para o jogo em Belém há outro cuidado a mais.

Durante a semana passada, após a derrota para o Criciúma em casa, o experiente Gerson Magrão fez um pedido. O time tinha que estar ligado o tempo todo e aproveitar a oportunidade criada. Em jogos decisivos estas duas características são fundamentais. Sua observação deu certo no bom jogo contra o Paysandu. “Verdade! Diferente do jogo passado desta vez entramos ligados, de uma maneira mais agressiva. Mesmo tomando o gol no início, e foi uma fatalidade aquele pênalti. Não deixamos de lutar e conseguimos virar o placar ainda no primeiro tempo. Fomos com a vantagem para o intervalo que foi importante. No segundo tempo tomamos um sufoco, mas eles não tiveram chance cara a cara com o Pegorari. E no final fizemos o terceiro ampliando nossa vitória” comentou Gerson Magrão que ele mesmo aproveitou a oportunidade e marcou de cabeça o gol da virada antes do intervalo. Ele já tem 3 gols e duas assistências em 9 jogos no Ituano.

Numa fase de apenas 6 jogos, a próxima partida sempre é mais decisiva. Faltando três rodadas, o jogo de volta contra o Paysandu no estádio da Curuzu em Belém será ainda mais intenso e eletrizante do que foi o de Novelli Júnior. “Com certeza! O coração tem que estar em dia. Principalmente dos torcedores. Nós jogadores na adrenalina não sentimos muito. O próximo jogo será pior pelo fato de ser jogo de vida e morte, principalmente para eles que ainda não venceram. Temos que entrar novamente ligados, aproveitar as oportunidades para sair de lá com um bom resultado” explicou Gerson Magrão que deu novo conselho. “No início temos que tomar cuidado. Principalmente nos 15 minutos iniciais. Valorizar a bola e o jogo. Temos que suportar esta pressão inicial para não sofrermos o gol. Se tivermos a oportunidade temos que fazer”. O jogo está marcado para sábado, as 17 horas. O Ituano retorna a Belém depois de 14 anos. O último foi na Série B 2007 no Baenão contra o Remo quando perdeu por 2×0.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

19/outubro