Aos 40 anos, Correa é grato ao futebol


30 de dezembro de 2020 | Notícias

Correa contra o Santa Cruz no Novelli Júnior

São 21 anos de futebol profissional do Correa que começou na base do Ituano aos 14 anos.

O meio campo Correa completou 40 anos de idade nesta quarta. Ele retornou ao Ituano em 2018. Aos 14 anos começou na base quando foi aprovado na avaliação pelo Jenildo, ídolo eterno do clube e campeão da Divisão Intermediária em 1989. Correa jogou até os 19 anos quando foi profissionalizado e saiu pelo mundo. São 21 anos de profissional. O futebol faz parte de sua vida. “Significa praticamente tudo. Deus é muito bom na minha vida. Através do futebol vivi experiências maravilhosas, conheci lugares que não imaginava, conquistei muitas coisas. Por isso sou muito grato ao futebol. É um privilégio estar aqui. Culturalmente a gente sabe que é difícil um atleta chegar aos 40 anos jogando. Tenho feito com muita alegria e com um prazer de início de carreira. Vou continuar enquanto Deus me permitir todos os dias com muita alegria no coração dando minha parcela de contribuição” comentou Correa que todos os dias chega com a mesma alegria de sempre. Inclusive neste momento entre Natal e Ano Novo. A última vez que treinou neste período estava no sub 20. “Faz tempo heim! É um ano atípico e situação diferente. Por outro lado, para mim é prazeroso estar aqui. É satisfatório. Vivo isso intensamente porque sei que estou mais perto do fim da minha carreira. Por isso faço todos os dias com muita alegria, vivendo intensamente porque eu sei que são momento únicos. Sendo sempre grato a Deus porque ele proporcionou muitas coisas boas através do futebol”.

Antes de retornar ao Ituano em 2018, Correa jogou três temporadas no Fortaleza. Viu a força do futebol pernambucano e o Santa Cruz conquistar a Copa do Nordeste em 2016. Ele sabe como é jogar no Mundão do Arruda, estádio do Santa Cruz com capacidade para mais de 60 mil torcedores. “Se tivesse público seria um jogo com o estádio totalmente lotado. Mas este é o tipo de jogo que gosto de jogar. Será um jogo difícil, independente do fator torcida. Sabemos da qualidade do Santa Cruz. Será um jogo decisivo. Nós também temos feito bons jogos fora de casa. Sabemos da nossa responsabilidade e qualidade Respeitamos o Santa Cruz, mas quando começar o jogo vamos em busca da vitória” afirmou Correa que espera mais um jogo disputado e equilibrado. Como foi no Novelli Júnior. “Neste tipo de quadrangular final a maioria dos jogos são decididos nos detalhes. O grupo está muito embolado. Vamos manter o foco e a sequência do trabalho procurando crescer e corrigir nossos erros. Neste tipo de jogo temos que minimizar nossos erros Temos que continuar trabalhando com humildade e pés no chão para irmos a Recife e fazermos um grande jogo” disse Correa que tem 74 jogos pelo Ituano. Marcou 10 gols e fez 13 assistências. Santa Cruz e Ituano jogam no domingo, ás 18 horas, com transmissão da DAZN.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

30/dezembro