Chegaram mais dois reforços para a Série D


14 de maio de 2019 | Notícias

O atacante Rodrigo Angelotti e o lateral Pacheco já estão a disposição para sábado.

Apesar das duas vitórias iniciais na Série D, o técnico Vinicius Bergantin contava com 24 atletas no elenco. Somando com os 6 reforços que chegaram e mais dois jovens que subiram da base. Por isso era necessário mais dois atletas para completar o grupo. Chegou o atacante Rodrigo Angelotti de 21 anos, que foi formado na base do Red Bull. E o lateral direito Pacheco que defendeu o Ituano nas temporadas 2015 e 2016. “Eu me sinto bem aqui. É uma equipe que eu já conheço. Trabalhei aqui antes. Ainda mais que a equipe está num crescente. Acompanhei o primeiro jogo e foi bom. O segundo jogo foi melhor ainda, com um placar elástico. Isso é bom para a gente que está chegando. Traz mais confiança e tudo para dar certo para o acesso” afirmou Pacheco que quando saiu do Ituano jogou no Voturoranguense e disputou o último Paulista A3 pelo Noroeste. “Volto um pouco diferente. Sai daqui em 2016. Tive passagem por mais dois clubes. Volto um pouco mais experiente. Mas venho com o intuito de ajudar a equipe no seu objetivo”. Pacheco fez 41 jogos no Ituano nos dois anos que jogou no clube. Marcou dois gols e fez duas assistências. Um dos gols foi na goleada do Ituano contra o Internacional em Lages pela Série D 2016. Ele está pronto para voltar a jogar. “Eu estou preparado. Treinei bem essa semana. O Paulista A3 acabeu tem quase um mês, mas eu continuei treinando e trabalhando. Estou pronto. Se precisar de mim, estou pronto”.

Rodrigo prefere ser chamado pelo sobrenome Angelotti. Nascido em São Paulo, fez a base no Red Bull e com 19 anos foi emprestado ao Liefering da Áustria. O time B de Salzburg. Jogou no Campeonato Austríaco a temporada 2018/19 e percebeu a diferença de jogar na Europa. “O profissionalismo está acima de tudo. Eles têm isso como principal característica. Além da intensidade do futebol europeu, nesse caso o austríaco. Trago isso também, de quando estar sem a bola, pressionar bastante e ser intenso quando roubar a bola e ir em direção ao gol” falou Angelotti sobre a experiência internacional. Mesmo chegando agora, ele já sabe que a concorrência no Ituano é grande. E promete dedicação. “Chego bem. Espero poder ajudar o Ituano da melhor maneira possível com gols e assistências. Dando a vida pela equipe para que no final da competição a gente possa ter conquistado o nosso objetivo que é o acesso” Angelotti já está regularizado e está à disposição para sábado. “Sou um atacante que joga tanto como centroavante, mas também como aberto. Gosto de me movimentar bastante e não só ficar na área. Então espero ajudar o Ituano da melhor maneira possível”. Para se entrosar o mais rápido possível, ele assistiu a goleada contra o Serra e gostou do que viu. “Fico feliz pelo Gui Mendes. É um menino muito bom. E fico feliz por ele ter feito quatro gols. Mas o meu objetivo é ajudar a equipe. Independentemente da posição, se é jogando como centroavante ou aberto, entrando durante os jogos ou como titular. O objetivo é que no final de tudo dê certo e a gente conquiste o acesso”.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

14/maio