Com novidades, Ituano vence São Paulo na estreia da Copa Paulista


3 de julho de 2016 | Notícias

O estreante Rodrigo Celeste começou sua carreira no Ituano marcando um dos gols da vitória de 2×1 contra o São Paulo no Novelli Jr.

Foi um bom final de semana em Itu. Tempo bom, sol e com dois jogos do Ituano no Novelli Júnior. Melhor com duas vitórias. Os dois jogos pelo mesmo placar de 2×1. Tanto na Série D como também na estreia da Copa Paulista. O desenvolvimento das duas partidas inclusive foi parecido. No primeiro tempo com supremacia do Galo de Itu contra o Caxias na Série D e São Paulo pela Copa Paulista. A diferença foi a qualidade da partida. O jogo deste domingo foi mais técnico e interessante de se ver. Inclusive pelas novidades. O Ituano promoveu as estreias de cinco  atletas. A equipe escalada pelo técnico Tarcísio Pugliese teve como novidades o goleiro Wagner, o lateral Renan, o volante Rodrigo Celeste e o atacante Robson. No segundo tempo ainda promoveu a entrada do atacante Ademir que no ano passado disputou o Paulista sub 20 pelo Ituano. “Todos participaram bem da partida. Fizeram um ótimo primeiro tempo e poderíamos até ter conseguido um placar maior. Gostei da estreia de todos eles” comentou Tarcísio Pugliese. Dos 5 estreantes, um já começou marcando gol. Rodrigo Celeste fez o segundo gol da vitória. “Eu não tive ansiedade. Já estamos treinando há dois meses. Sente só um pouco a falta de ritmo de jogo. É lógico. O mais importante foi começar com os 3 pontos na Copa Paulista” afirmou Celeste. Além das estreias, o torcedor que compareceu ao Novelli pode ver dois “jovens veteranos revelados no clube”. O zagueiro Leo assumindo a condição de capitão do time aos 22 anos e Guilherme assumindo o papel de protagonista. “É isso que eu espero. Temos um bom time, sabemos que temos que treinar bastante. Mas já tenho uma boa bagagem. Quero ser referência na Copa Paulista e estar sempre a disposição do técnico Tarcísio”  afirmou Guilherme que começou no sub 17 em 2012 e no mesmo ano teve sua primeira oportunidade também numa Copa Paulista.

Esta é uma característica da Copa Paulista. Revelar e dar sequência aos jovens profissionais que saíram do sub 20. Dos 18 relacionados para a partida, 9 vieram da base do clube, sendo que 5 participaram da vitória por 2×1 contra o São Paulo. O meia Guilherme participou decisivamente da vitória e dos dois gols. “No primeiro vi o Pacheco descendo pela lateral e como faço no treino não pensei duas vezes e fiz o lançamento. Ele foi feliz no cruzamento e o Rafael Martins foi muito bem na finalização. No segundo lance, roubei a bola do lateral do São Paulo, vi a movimentação do Celeste e ele finalizou melhor ainda” explicou o jovem de apenas 21 anos.  “O Guilherme tem uma boa visão de jogo. Logo que ele roubou a bola eu passei correndo por ele. Recebi o lançamento e tive a tranquilidade para deslocar o goleiro” contou o volante Rodrigo Celeste que tem a característica de ir a frente. “Esse é o futebol moderno. Ontem mesmo no nosso jogo contra o Caxias, o Simião que também é volante foi a frente, entrou na área e fez o gol. Esse é o diferencial hoje para quem joga nesta posição” comentou Celeste que tem 26 anos.  O Ituano teve pleno domínio no primeiro tempo da partida e poderia ter ampliado. Inclusive com Guilherme para defesa do goleiro Lucas Perri. “Eu estava bem a vontade na partida. Tive uma boa semana de treino. O Tarcísio me dá muita confiança para eu realizar um bom trabalho” explicou Guilherme que fez seu jogo 37. O São Paulo conseguiu equilibrar o jogo na etapa final. Descontou, mas não o suficiente para buscar o empate. O Ituano começou muito bem a Copa Paulista deste ano. No grupo 3 da competição, além do Ituano, XV de Piracicaba e Bragantino começaram vencendo na estreia. Na próxima rodada o Ituano joga no domingo em Jundiaí contra o tradicional rival Paulista.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fortografia

3/julho