Conheça os adversários do Ituano na Série D 2019


1 de março de 2019 | Notícias

O Ituano vai enfrentar na 1a Fase o Brasiliense, adversário da época de Série B. E os inéditos URT de Patos de Minas e o Serra do Espírito Santo.

A CBF divulgou nesta sexta os grupos do Brasileiro Série D 2019. O Ituano desta vez não está no grupo contra os clubes da região sul como aconteceu nas últimas três participações. O Ituano vai enfrentar o URT de Patos de Minas, cidade próxima a Uberlândia. Serra, da região da Grande Vitória, no Espírito Santo, e o Brasiliense de Taguatinga, no Distrito Federal. O Ituano vai disputar sua 5ª Série D. Em 2009, no primeiro ano da disputa, e em 2017 foi eliminado na 1ª Fase. Em 2014 chegou as 8as de final. Foi eliminado nos pênaltis pelo Moto Club em São Luís. Em 2016 chegou as 4as de final e foi eliminado pelo CSA em Maceió que subiu. Agora conheça os adversários deste ano.

Brasiliense é o único adversário do grupo que o Ituano já enfrentou. Foram 7 jogos na Série B com 3 vitórias do Ituano, um empate e 3 derrotas na Boca do Jacaré, como é conhecido o estádio Elmo Serejo com capacidade de 35 mil lugares. O Brasiliense é o clube mais novo entre os 4 do grupo. Foi fundado em 2000 pelo ex-senador Luís Estevão. O clube foi campeão Brasileiro Série C em 2002 e Série B em 2004. Ainda em 2002 foi vice-campeão da Copa do Brasil contra o Corinthians. Conquistou 6 títulos do Distrito Federal de 2004 a 2009. O Brasiliense no ano passado foi eliminado nas 8as de final da Série D pelo Campinense em Campina Grande. Em 2014 também disputou a Série D e foi eliminado nas 4as de final pelo Brasil de Pelotas que subiu. Na atual temporada briga com o Gama pela liderança do Campeonato Candango. Em 6 jogos tem 5 vitórias e um empate. Marcou 11 gols e não sofreu nenhum gol. Na Copa do Brasil foi eliminado ainda na 1a Fase após empate sem gols com o CRB.

URT significa União Recreativa dos Trabalhadores. O clube foi fundado em 1939 pelo Sindicato da Indústria e Comércio. Na década de 40 só permitiam os trabalhadores sindicalizados na equipe. Seu estádio é o Zama Maciel para apenas 5.200 torcedores. O Trovão Azul foi campeão da 2ª divisão em 1994. Mas em 1991 já tinha conquistado o acesso ao ser vice-campeão da 2ª divisão. Sua melhor colocação no Campeonato Mineiro foi em 2002 quando terminou na 6ª posição. Embora seja o único clube dos 4 que ainda não venceu um Estadual da 1ª Divisão, o URT disputou as últimas três Série D e sempre passou de fase. Em 2016 foi eliminado na 2ª Fase pelo Volta Redonda que subiu naquele ano. Em 2017 foi eliminado pelo Globo/RN nas 4as de final que subiu. E no ano passado foi eliminado pelo Treze de Campina Grande que também subiu. Na atual temporada o URT está na 9ª posição do Mineiro, e se classificam 8 times para a próxima fase. Disputou a Copa do Brasil e eliminou o Coritiba no Couto Pereira. Na 2a Fase foi eliminado pelo Vila Nova de Goiânia após empate em 2×2. Nunca enfrentou o Ituano.

O Serra FC é o clube mais velho dos quatro no grupo. Foi fundado em 1930, mas só subiu para a 1ª divisão em 1997. Seu estádio Roberto Siqueira Lopes é pequeno e tem capacidade para 3 mil torcedores. A Cobra Coral quando subiu conquistou 5 títulos capixabas (1999, 2003/04/05 e 2008). Em 1999 foi o primeiro clube do Espírito Santo a vencer no Maracanã. Eliminou o Fluminense na Copa do Brasil. Na temporada está em 8º, brigando para permanecer na 1ª Divisão. O Estadual tem apenas 10 clubes e os últimos dois descem. Na Copa do Brasil eliminou o Remo ao vencer em casa por 1×0. Na 2a Fase foi eliminado pelo Vasco ao perder por 2×0. Esta será a primeira vez que o Ituano vai enfrentar um clube capixaba.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

1/março