Em busca da primeira vitória


7 de fevereiro de 2020 | Notícias

Ituano vai a Novo Horizonte para recuperar o prejuízo da pontuação no Paulista.

Com dois pontos em 12 disputados neste Campeonato Paulista, todos no Ituano reconhecem que estão devendo uma melhor pontuação para subir na tabela. “É muito o psicológico. A gente sabe que está devendo um pouco os resultados para o torcedor. Precisamos muito da vitória. Então o pensamento nosso tem que ser esse. Buscar a vitória, porque depois do Novorizontino teremos uma sequência em casa de dois jogos. Então não tem outro pensamento. Vamos para Novo Horizonte, trabalhar essa semana para conseguir esses três pontos” afirmou Gabriel Taliari que marcou o gol contra o Água Santa. O atacante Yago que entrou nos dois empates conquistados concorda. “É muito cobrança e está certo em cobrar. Tem que ter uma sequência boa, mas creio que estamos no caminho certo. Acho que fazendo o que a gente faz nos treinos transfere para o jogo. E tenho certeza que vou fazer um bom trabalho aqui. Espero estar podendo ajudar os meus companheiros e dar alegria para o Ituano” comentou Yago que fez o passe para o gol de empate marcado pelo Correa contra o Botafogo. O Ituano volta a jogar domingo em Novo Horizonte contra o Novorizontino. Em 8 jogos no Jorge Ismael Di Biasi venceu três. A última vitória foi na Copa Paulista 2018 por 2×0.

O técnico Vinicius Bergantin tem falado com o grupo sobre este momento difícil como o grupo e conta com o auxílio da psicóloga Laís. “Isso é de rodada a rodada. Nós temos o nosso departamento de psicologia que atua de forma muito positiva com os jogadores. Há três anos nós temos esse trabalho no profissional. O mais importante é que os jogadores têm noção da fase que estamos vivendo. Não podemos nos esconder e não podemos mudar o discurso. A gente queria ter mais pontos. Uma equipe que está se encontrando durante a competição. Por mais que a vitória não veio, a gente está achando o equilíbrio maior na equipe. Agora é ter personalidade e trabalhar bem essa semana. Já gostei muito do treinamento de hoje (terça). Para que a gente continue evoluindo e trazendo esses detalhes do jogo ao nosso favor. É um lance ofensivo que a gente vai matar o jogo e é um lance defensivo que vamos oferecer resistência para o adversário” explicou Vinicius que teve a semana cheia para trabalhar. “A gente está buscando primeiramente de uma forma coletiva. As características individuas são muito boas. As movimentações sendo trabalhadas para que nosso time seja mais efetivo. O lance que a gente precisa definir a jogada temos que definir. Os lances que a gente não pode acelerar a bola, também não podemos acelerar e perder a bola de maneira simples. Então essa leitura e as movimentações estão sendo trabalhadas para que dê essa liga e sejamos mais eficientes e dê mais trabalho para o adversário”.

Titular nos últimos dois jogos, Taliari explica “A gente vai ter que entrar muito concentrado nesses jogos. Não teremos jogos fáceis agora. Principalmente contra o Novorizontino, que é o primeiro jogo. Sabemos que é um time que está invicto no campeonato. Todos os jogos são difíceis. Temos que manter a concentração, trabalhar o que estamos errando e buscar essas vitórias que a gente precisa”. Yago que tem entrado bem nos jogos, já passou por situação difícil em outro clube. “Já vivi essa experiência. Quando eu estava em Portugal, o clube estava assim também. Mas trabalhando no dia a dia, ajudando uns aos outros nos treinos, creio que vamos sair desta situação. A gente treinando forte na semana toda, creio que no próximo jogo vamos fazer o possível para sair com o resultado positivo”. Vinicius que foi zagueiro sabe que o primeiro passo para conquistar a vitória é parar de sofrer gol. “Esse é um dos dados que machuca a gente. Estamos aproveitando agora a semana cheia para trabalhar bastante nessa parte defensiva. A gente espera que a equipe continue evoluindo. Os últimos dois jogos, um jogo em casa com mais imposição e um jogo fora contra o Água Santa. Não devemos olhar e achar que vai ganhar do Água Santa ou de outra equipe porque o Campeonato Paulista é muito nivelado. Acho que fizemos dois bons jogos e ficou naquela linha muito tênue entre ganhar e perder. A gente poderia ter vencido o jogo com um gol do Serrato no final. Mas também podia ter perdido naquele último lance. A equipe está buscando esse equilíbrio. Está buscando minimizar os erros na parte defensiva e aproveitar mais as chances que tem no jogo. Esse é o perfil do campeonato que a gente tem que buscar essa excelência para conquistarmos a primeira vitória”.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.42 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

7/fevereiro