Empate sem gols mantém o Ituano em segundo no grupo


19 de setembro de 2021 | Notícias

Pegorari garantiu o zero no placar em jogo da lesão de Lucas Dias

Goleiro Pegorari garantiu o zero no placar e o zagueiro Lucas Dias teve uma lesão na partida.

Sob calor de 26 graus e debaixo de sol, o Ituano voltou de Erechim com um empate sem gols com o Ypiranga e a manutenção do segundo lugar do grupo. O jogo entre os dois clubes antecipadamente classificados para a próxima fase e que realizam boas campanhas não teve muitas oportunidades de gol. “Infelizmente não podemos cobrar muito dos atletas. No horário que foi marcado este jogo, no bafo que estava, com a temperatura que estava, será pedir demais a eles mais do que eles deram em campo. Eu estava à beira do campo e digo que estava simplesmente insuportável. Sabemos que a televisão paga pelo campeonato, mas paga também pelo bom espetáculo. E neste horário nesta época do ano, não teremos um bom espetáculo em lugar nenhum do Brasil. Seria bom rever esta situação” comentou o técnico Mazola Júnior. O jogo ocorreu após três dias de chuvas na região e com o retorno do sol, a sensação térmica foi ruim no horário da manhã. O Ituano com o empate chegou a 32 pontos, enquanto o Ypiranga tem um ponto a menos. O primeiro lugar do grupo já está definido. O Novorizontino que chegou a 36 pontos não pode mais ser alcançado.

O Ituano criou mais chances no primeiro tempo. A melhor chance foi com o João Victor que recebeu um longo passe da defesa, e partiu em velocidade pela direita. Já dentro da área, bateu cruzado e o goleiro Deivity tirou com os pés para escanteio. Leo Duarte em chute cruzado e Fernandinho por cima criaram outras duas chances. O Ypiranga só teve uma oportunidade numa falta quase frontal onde Pegorari fez a defesa segura. No segundo tempo o jogo caiu ainda mais. A melhor chance de gol foi um cabeceio a queima roupa de Douglas que Pegorari fez uma defesa fantástica, garantido o terceiro zero no placar nesta Série C. A má notícia da partida foi a lesão do zagueiro Lucas Dias que subiu numa disputa de bola e na queda de mal jeito lesionou o braço. “Ele teve uma luxação no cotovelo e conseguimos fazer a redução ainda dentro de campo para aliviar a dor. Foi encaminhado ao hospital, fez o raio X e os exames necessários” explicou o médico Alexandre Santoro. Não houve fratura e nesta segunda as notícias são melhores. “Ele apresentou uma boa evolução nestas primeiras 24 horas, passa bem. Nesta semana passará por novos exames adicionais e permanecerá imobilizado” disse Alexandre Santoro nesta manhã.

Na próxima rodada no sábado, com todos os jogos no mesmo horário, o Ituano recebe o eliminado Botafogo para confirmar esta posição. Enquanto o Ypiranga vai a Porto Alegre enfrentar o São José. Também classificado, Criciúma com 30 pontos, enfrenta o Figueirense no clássico catarinense e também tem chances de ser o segundo colocado. Mesmo eliminado e com a troca de treinador no Botafogo, o cenário do jogo de sábado não muda para o Ituano. “Para nós não muda nada. Nós queremos ganhar para garantir o segundo lugar do grupo, independente do resultado do Ypiranga contra o São José. Vamos manter o foco, mas claro que vamos ter de segurar um pouco por causa dos atletas com cartões. Temos confiança no grupo todo, temos bom elenco. Tenho certeza que faremos um bom jogo. Importante dizer que tem muita coisa a ser observado nesta rodada final. Não há motivo nenhum para desacelerar. Vamos pensar na vitória porque o segundo lugar vai fazer a diferença na segunda fase, principalmente se houver a volta do público” lembrou Mazola Júnior. O Ituano está invicto neste 2º turno com 4 vitórias e 4 empates. A última derrota foi no encerramento do turno, justamente contra o Botafogo em Ribeirão Preto.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Fotografia
YFC/Giramundos.br

19/setembro