Gabriel Martinelli é o atleta mais jovem a estrear no Ituano


20 de março de 2018 | Notícias

Aos 16 anos e 9 meses, Martinelli entrou no final da vitória contra o São Bento em Sorocaba. Na quarta no Novelli, o Ituano recebe a Ferroviária

Desde 2012 quando o Ituano lançou Leo, Guilherme e Marcão, já são 40 jovens que subiram para o profissional do clube. Neste ano mais três atletas já foram relacionados em alguns jogos do Paulista. Gui Mendes, Leozinho e o atacante Gabriel Martinelli que no sábado entrou aos 39 do 2º tempo na vitória contra o São Bento. Ele tem apenas 16 anos e 9 meses. Tornou-se o mais jovem atleta a estrear no Ituano neste Século XXI. “É muito difícil acreditar. Eu era pequeninho e tinha o sonho de ser profissional. Agora estou realizando esse sonho. É muito gratificante para mim” falou Martinelli que também demonstrou segurança na sua primeira coletiva de imprensa. “Sou novo, mas tenho uma responsabilidade grande. Estou conseguindo passar por cima de tudo isso e mostrar o meu futebol. Tentando ajudar a equipe sempre. Apesar de novo, vou mostrando o meu trabalho para tentar ajudar a equipe”. Martinelli nasceu em Guarulhos e chegou a Itu aos 14 anos para jogar no sub 15. Em 2016 foi artilheiro do time no Paulista sub 15 com 15 gols em 16 jogos. No ano passado subiu para o sub 17 e novamente foi o artilheiro do time. Marcou 14 gols em 18 jogos. Em janeiro deste ano disputou como titular a Copa São Paulo e já deixou sua marca na estreia contra o Santa Cruz de Maceió. Na base, Martinelli marcou 37 gols em 63 jogos. Depois de ficar 4 vezes no banco durante o Paulista, ele pode estrear. “O coração começou a bater mais forte. Mas na hora que pisa no campo dá aquela relaxada e mostra o seu futebol. Acho que fui bem. A primeira bola eu fiz uma jogada em cima do Crispim. Consegui fazer o drible. Foi normal. Acho que fui bem” fala com personalidade e cita o seu ídolo. “Eu falo para o Marcelinho que gosto do estilo dele de jogar. Ele é um espelho aqui dentro para mim e me dá vários conselhos” contou Martinelli

Agora é contra a Ferroviária

Passada a comemoração da vitória na estreia do Troféu do Interior contra o São Bento de virada, o Ituano já tem outro compromisso difícil. Nesta quarta recebe a Ferroviária no Novelli Júnior precisando de outra vitória. Isto porque a Ponte Preta também venceu na estreia do torneio. “Jogo contra a Ferroviária vai ser uma final. Nós ganhamos em Sorocaba, mas já passou. Sabemos que é muito importante fazer o resultado dentro de casa. E eu tenho certeza que a nossa equipe está com os pés no chão. Porque nós não ganhamos nada. Não conquistamos nada ainda. Então, na minha opinião, eu tenho certeza, pelo grupo, estamos com os pés no chão. Sabemos da importância desse jogo. A equipe da Ferroviária demonstrou no campeonato que é uma boa equipe. Com bons jogadores e jogadores experientes. Mas aqui também tem. E nós estamos focados em fazer o nosso melhor para que possamos sair com a vitória. Isso é o que estamos querendo. Vamos trabalhar duro, com os pés no chão para que na quarta-feira venhamos conquistar esse resultado positivo” comentou o zagueiro Ricardo Silva que jogou 9 das 13 partidas do Paulista. “Eu sempre fui um cara bem centrado. No meu contrato não está lá que o Ricardo tem que ser titular. Então, eu costumo chegar nos clubes e trabalhar firme e forte. Lógico que quando a gente não está jogando, se eu for falar que estou feliz da mesma forma como se eu estivesse jogando, vou estar mentindo. Mas tenho que respeitar a opção do treinador. Respeitar o seu companheiro que está todos os dias ali com você trabalhando. E tem que torcer para que as coisas deem certo” afirmou Ricardo Silva que fez sua estreia justamente contra a Ferroviária após as lesões de Alisson e Rodrigo Sam. O jogo desta quarta, as 18hs, contra a Ferroviária faz parte da Campanha da Sustentabilidade. Troque no estádio Novelli Júnior duas garrafas por um ingresso na descoberta.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

20/março