Ituano chegou a maioridade no Paulista Série A1


18 de janeiro de 2019 | Notícias

Desde que subiu em 2002, o Ituano conquistou dois títulos. Com um elenco definido dentro da filosofia do clube, o time está pronto para a estreia nesta segunda contra o Novorizontino.

O Ituano chegou a maioridade no Campeonato Paulista. Quando subiu a primeira vez em 1990, resistiu pouco e voltou para a Série A2. Quando retornou pela 3ª vez em 2002, conquistou dois títulos Paulistas (2002 e 2014) e criou uma filosofia própria do clube. A valorização da base que tem feito bons campeonatos. “Isso é um grande ganho do Ituano. Há vários anos, pelo menos três anos, mais de 30% do elenco vem das categorias de base. E esse ano não foi diferente, apesar da saída agora na Copa São Paulo. Já tem jogadores encorpando e voltando até para o elenco profissional, como é o caso do Martinelli e do Gui Mendes. São jogadores que vão pedir passagem com certeza. E se merecerem, no momento certo vão ter a oportunidade deles” lembra o técnico Vinicius Berganti que também foi revelado na base do clube como zagueiro, capitão do título em 2002, e retornou ao clube em 2013 para assumir o comando do sub 17. Outros também retornaram ao Ituano para a temporada 2019. Além do zagueiro Ricardo Silva, os atacantes Claudinho e Marcelinho, o veloz Morato está feliz em retornar a Itu. “Estou feliz e motivado. Não tem como ser diferente. E também venho para resgatar aquilo que eu fiz naquele ano que acabei deixando o clube para acabar indo para o São Paulo. Então, só quero coisas boas neste retorno” afirmou Morato.

O elenco de 2019 tem 10 atletas formados na base. São 8 reforços pontuais e a manutenção de uma base que tem identificação com o clube. Este é o estilo da diretoria e comissão técnica trabalhar na montagem dos elencos. “Aqui no Ituano é bem aberto. Tanto eu, como o Juninho, a comissão técnica e o Esquerda, nós participamos de todos os nomes. É importante frisar que só tivemos oito contratações pontuais. Isso ajuda bastante a ter a sequência do elenco que o Ituano vem preservando durante os anos. Isso ajuda bastante. As contratações, claro que entra o perfil da posição, o perfil financeiro e o perfil de projeção para que a gente possa ter um elenco cada vez mais forte com o passar dos anos” explicou Vinicius Bergantin que vai disputar seu segundo Paulista como técnico. Já Marcelinho, campeão em 2014, vai para o seu 5º Paulista pelo clube. Só não disputou em 2015 quando retornou ao Karpaty da Ucrânia.  “Na verdade, eu acredito que cada grupo que se forma é um estilo diferente. São novas pessoas. Claro que aqui se tenta manter uma base, mas sempre chegam jogadores novos com novas experiências. E a gente sempre está aprendendo algo novo. Mas o importante é que todo ano a gente faz um grupo competitivo, muito focado e unido. Não só na união fora de campo, que é a parte boa da resenha do futebol. Mas dentro de campo a gente vem demonstrando há alguns anos que a união é que está fazendo a diferença do nosso grupo. Não é nada novo, mas a união tanto fora quanto dentro que está fazendo com que façamos boas campanhas. E o ano passado, por um detalhe, não nos classificamos. E a gente vai tentar mudar essa história esse ano” afirmou Marcelinho.

A estreia do Ituano vai acontecer somente na segunda, dia 21, contra o Novorizontino do técnico Roberto Fonseca. O clube do interior paulista fechou uma parceria com o Londrina e terá a base do time que disputou a Série B. “O Roberto Fonseca é muito inteligente. Um excelente treinador e passou aqui no Ituano. Tive a oportunidade de conviver com ele sendo o treinador do Sub 17 e ele do profissional. Uma ideia inteligente dos dois clubes. E tendo cinco ou seis jogadores que já vem jogando juntos, isso facilita o entrosamento e no encaixe da equipe. Mérito do Novorizontino, que agora vai ter esses atletas de qualidade. Inclusive o Vágner, que esteve com a gente aqui. E depois o Londrina para a sequência da Série B” comentou Vinicius Berganti. O horário do jogo que não agradou. Mas com a importância da estreia com vitória, Marcelinho faz um apelo. “Um horário ingrato jogar às 18hs15. Mas quem puder, compareça para ajudar nessa estreia. É muito bom começar ganhando, ainda mais que são três jogos que a gente considera como se fosse o nosso campeonato mesmo. Então, que o torcedor possa comparecer e torcer pelo Ituano, porque vamos dar o máximo e buscar vitórias e vitórias atrás de uma classificação e quem sabe, chegar o mais longe possível” disse que conhece a competição.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincarol
Fotografia

19/janeiro