Ituano confia no seu sistema defensivo


9 de maio de 2019 | Notícias

O goleiro Pegorari não sofreu gol em 5 dos 15 jogos da temporada.

O Ituano viaja nesta sexta para Vitória onde vai enfrentar o Serra para a segunda partida da Série D. Será a primeira vez na história que o clube vai jogar no Espírito Santo. O time viaja confiante no sistema defensivo desta temporada. Em 15 jogos em 2019, o Ituano não levou gol em 5 partidas. “É muito gratificante para o goleiro quando você fica uma partida sem sofrer gols. De 15 partidas, ficar em 5 sem sofrer gols, é um terço. É uma média muito boa. Isso é fruto de um trabalho que vem sendo feito no dia a dia e espero continuar assim muito mais tempo” comemora o goleiro Pegorari que foi o único do elenco que jogou as 15 partidas. O técnico Vinicius Bergantin valoriza todo o grupo. “O Pegorari vem sempre dando este respaldo para a gente. Mas temos que valorizar todo o trabalho feito com os goleiros pelo professor Ferreira. Os outros dois goleiros têm uma competição interna muito boa o que faz a qualidade subir. Nos jogos treinos o Busatto e o Júnior também fizeram excelentes jogos com defesas difíceis como o Pegorari fez contra o URT. O Júnior defendeu pênalti contra o São Bento. O Busatto também fez grandes defesas contra o São Caetano. Este pilar do Ituano está muito bem” elogiou Vinicius Bergantin.

Mesmo com algumas mudanças no elenco, o técnico Vinicius Bergantin conseguiu mandar a campo no jogo de estreia praticamente 5 titulares do Campeonato Paulista. O entrosamento facilita o bom funcionamento de todas as partes do time. “Isso mostra um sistema defensivo sólido. Quando falo no sistema defensivo a gente começa no ataque. No Paulista com o Ramon, Alemão, e claro Morato e Martinelli que ajudaram bastante lá na frente. Agora na estreia da Série D tivemos o Gui Mendes e o Claudinho que se esforçaram demais e nos ajudaram muito. Bassani se adaptando bem nesta nova função. Aí vem para o tripé do meio com Baralhas, Serrato e Correa do Paulista, e agora com a entrada de Paulinho Dias no lugar de Baralhas, acho que dá uma sustentabilidade muito boa. E a linha de quatro no Campeonato Paulista que jogaram quase todos os jogos. Mexemos muito pouco e isso dá uma consistência muito boa. Acontece também na parte mental dos atletas, pois está dando certo e não deixam cair. Essa é a nossa cobrança. Não é porque está dando certo hoje, que não pode mudar amanhã. Temos que ter sempre a ambição de melhorar, manter o profissionalismo e a atenção cada vez maior. Quanto menos gols nós tomarmos, mais próximos estaremos de cumprir os objetivos para alcançar o acesso” explicou Vinicius Bergantin.

O volante Paulinho Dias endossa as palavras do técnico. “Todo o sistema vem funcionando. O futebol se joga com 11. Quando todos estão bem e funcionando a gente sofre menos. Temos uma estrutura de equipe bem ajustada. Desde o centroavante no combate que ele dá na frente, passando pela gente no meio. Temos um grupo que está bem” afirmou Paulinho que chegou ao Ituano para a Copa Paulista do ano passado. Experiente, Paulinho Dias é uma das peças importantes que permaneceu para a Série D. Esta manutenção da maioria do elenco aumenta a confiança. “Acredito que começa na gestão do Ituano que conseguiu manter uma base do Paulista. É algo difícil de se ver. Conseguiram fazer um esforço e segurar muita gente. Pelas partidas no Paulista com a nossa dupla de zaga que foram muito bem, mas também tinha uma boa sombra por trás. O Mateus vinha treinando muito bem e o Leo Rigo que chegou agora fez um bom campeonato no Bragantino. Ele veio para ajudar e queremos manter este zero no placar em muitos mais jogos” lembrou Pegorari. Ituano e Serra jogam neste sábado ás 17 horas.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

9/maio