Ituano de volta para o futuro


14 de outubro de 2020 | Notícias

Disputa de bola no jogo na Ilha do Governardor

O bom início do Ituano na Série C foi modificado nos últimos 10 minutos contra o Volta Redonda no Rio.

Até os 36 minutos do segundo tempo na Ilha do Governador, o Ituano empatava com o Volta Redonda em 1×1. Após uma boa vitória por 3×0 contra o Tombense, o início da Série C era bom para o Ituano. Em 10 minutos, o empate virou uma derrota por 3×1 e o time entrou numa sequência ruim de resultados. Mesmo reconhecendo o equilíbrio da competição. “Sabemos das dificuldades dos jogos e também da qualidade do time do Volta Redonda. Mas não dá para negar que começamos bem o campeonato com a vitória na estreia. Infelizmente sofremos dois gols muito rápidos e tomamos a virada. Temos que ter total atenção o jogo inteiro” lembrou o atacante Marquinho que entrou no segundo tempo daquela partida. “Não poderíamos ter deixado acontecer. Tudo que tivemos de ruim no campeonato tem que parar por aqui. Estamos fazendo bons jogos e temos que voltar a vencer. O Vinicius tem cobrado a gente. Temos um jogo em casa e temos totais condições para vencer” afirmou o carioca Marquinho, da cidade de Vassouras. Em 10 jogos, o Ituano tem só duas vitórias. Além do jogo desta quinta no Novelli contra o Volta Redonda, o clube só terá mais três jogos em casa das 8 rodadas do segundo turno. Por isso, a ordem é fazer a lição de casa. “Isso que tem que acontecer agora. Temos um time qualificado. Vamos fazer a lição de casa e colocar em prática tudo que nós estamos treinando” disse Marquinho que nesta Série C tem 8 jogos e uma assistência.

Com o objetivo de fortalecer o elenco, a diretoria trouxe na semana passada o atacante Kadu Barone que já fez sua estreia no empate com o Tombense. Nesta semana trouxe o eclético André Castro. “Sou volante e também atuo como meia, lateral direito e inclusive na defesa. Comecei na base do Audax na época do Pão de Açucar. Já joguei no Guaratinguetá, Ponte Preta e Red Bull. Tenho bom passe e sou um jogador muito solidário” explicou André Castro, 28 anos e nascido na capital paulista. “Conheço a história do clube e tenho amigos que jogam aqui. Quando recebi o convite vi com bons olhos esta oportunidade. É um clube que tem totais condições de brigar pelo acesso. Mesmo com o campeonato muito equilibrado neste momento, pela qualidade do nosso elenco, acredito que temos condições sim de brigar pela parte de cima”. André Castro disputou o último Paulista pelo Mirassol e no ano passado jogou pelo Atlético Goianiense. Ele assinou contrato até o final do campeonato. “Nosso time tem muita qualidade e jogadores com muita experiência. Vamos fazer um bom segundo turno. As vitórias vão começar a vir. O time vai se encaixar e vamos em busca da classificação” afirmou o otimista André Castro que já está à disposição do técnico Vinicius Bergantin. Ituano e Volta Redonda jogam nesta quinta, ás 20 horas, com transmissão pelo DAZN.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

André Moreira
Fotografo

14/outubro