ITUANO E SAO PAULO EMPATARAM NO NOVELLI


21 de março de 2016 | Notícias

A boa campanha do Ituano contra um adversário grande como o São Paulo atraiu 7.885 torcedores ao Novelli Júnior neste domingo.

A boa campanha do Ituano contra um adversário grande como o São Paulo atraiu 7.885 torcedores ao Novelli Júnior neste domingo. E a maioria do público presente com as camisas do Ituano que ocupou a arquibancada central. E não se decepcionaram de ter ido ao jogo, embora o Ituano tenha empatado a partida em 1×1. “Pelo que nossa equipe apresentou foi um resultado injusto. Jogamos de igual para igual, criamos muitas chances de gol. Fizemos um gol que foi anulado. Fizemos um bom jogo” comentou o zagueiro Leo que fez o gol de empate com um desvio de cabeça. “Se você analisar os dois tempos, você vai constatar que o Ituano criou mais chances principalmente no primeiro tempo. O São Paulo até teve mais posse de bola após marcar o gol. Fooi bom ter conseguido o empate no final, mas saímos de campo com o sentimento que poderíamos ter vencido a partida” afirmou o técnico Vinicius Bergantin que substituiu Tarcísio Pugliese que cumpriu um jogo de suspensão por um jogo pela expulsão contra o Capivariano. Com o empate o Ituano chega a 15 pontos e se mantém na zona de classificação pela 5ª rodada consecutiva.

 

O Ituano realmente criou mais oportunidades no primeiro tempo e esteve mais perto do gol. Aliás, fez o gol aos 45 com Naylhor mas foi marcado corretamente o impedimento de Fernando Viana que cabeceou para trás no lance. O outro grande momento também foi com Fernando Viana. Pacheco fez boa jogada pela direita, cortou para o meio e bateu de pé esquerdo. Errou o chute, mas o zagueiro Maicon errou ainda mais. Fernando Viana roubou a bola e na saída do goleiro Dênis, conseguiu tocar por baixo. Caprichosamente bateu na trave e não entrou. Em outro lance com Fernando Viana ele roubou a bola de Rodirgo Caio e entrou na área e quando foi cruzar o zagueiro Maicon cortou para escanteio. Ainda no início de jogo, Guilherme tocou na esquerda para Fernando Viana que esperou a passagem de João Paulo e tocou de calcanhar. João Paulo veio na velocidade e encheu o pé para a defesa de Dênis.  O São Paulo só acertou uma finalização. Foi com Daniel no último minuto para a defesa do goleiro Fábio. O segundo tempo começou com o Ituano buscando o gol. Simião finalizou com muito perigo da esquerda após boa jogada de Guilherme.

 

O Ituano não aproveitou as oportunidades e o São Paulo foi eficiente com Ganso. Calleri recebe na direita e dentro da área cruza forte e rasteiro. Ganso se antecipa a marcação e só desvia para abrir o placar. Neste momento o São Paulo conseguiu o domínio do jogo e quase fez o segundo com Ganso. Ele bateu colocado tirando do goleiro Fábio. A bola foi na trave. O São Paulo começou a segurar o jogo e até na expulsão do Thiago Mendes conseguiu ganhar alguns minutos. Acabou sendo punido no final. João Paulo cobrou falta com perfeição pela direita e Leo subiu para empatar a partida. “Eu estava conversando com ele lembrando da época da Copa Paulista. Disse que na hora certa ia sair o gol. Fui feliz no cruzamento dele e consegui fazer o gol” afirmou Leo que marcou seu 7º gol com a camisa do Ituano. “Estava com saudade de fazer uma assistência. Conseguimos o empate, mas merecíamos a vitória, mesmo contra uma equipe grande como é o São Paulo” contou João Paulo que na Copa Paulista fez 11 assistências. Ele foi uma das três novidades do time. Os outros que começaram jogando foram Pacheco e Marcelinho que se recuperou da inflamação. O Ituano demonstra ter um bom elenco. “Acredito que sim. Fizemos um jogo equilibrado contra o São Paulo. Também contra o XV saímos atrás no placar e a equipe continuou com a mesma postura tática. Hoje mesmo com 3 mudanças no time, fizemos uma boa partida. Os que entraram no jogo mostraram serviço. Nosso elenco é forte e pensa igual. Estamos focados no nosso objetivo de conseguir a classificação” comentou Vinicius Bergantin.

 

ITUANO – Fábio; Pacheco, Naylhor, Leo e João Paulo; Guly, Simião e Guilherme; Claudinho (Marcão aos 70), Fernando Viana (Ruan aos 50) e Edinho (Edinho aos 65). DT: Vinicius Bergantin.

 

GOLS: 0x1 Ganso 16 do 2o, 1×1 Leo 43 do 2º

 

ÁRBITRO: Flavio Rodrigues de Souza

PÚBLICO: 7.885  –  Renda: R$ 213.460,00

 

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

 

Miguel Schincariol

Fotografia

 

21/março