Ituano espera dificuldades em Santa Catarina


10 de agosto de 2016 | Notícias

Atacante Claudinho esteve nos 3 jogos em Santa Catarina desde 2014. Ele sabe das dificuldades de se jogar lá.

Ituano vai a Santa Catarina pela 4ª vez em três anos. Na próxima segunda feira faz a primeira partida das 8as de final em Lages contra o Internacional. Nos três jogos que fez contra times catarinenses foram sempre difíceis e com expulsões de atletas do Ituano. “Todos os jogos que fizemos lá foram difíceis e tiveram expulsões. Mas estamos focados para fazermos um bom jogo e trazermos um bom resultado para Itu” lembra Claudinho que foi expulso no ano passado em Joinville na Copa do Brasil, mas fez um dos gols na vitória deste ano em Blumenau contra o Metropolitano. Em 2014 em Palhoça o Ituano empatou em 1×1 com o Guarani pela Série D e teve Jackson Caucaia expulso com 24 minutos de jogo. No ano passado conseguiu a classificação na Copa do Brasil mesmo com a derrota por 1×0, mas teve dois atletas expulsos. Neste ano em Blumenau foram duas expulsões. Uma para cada gol da vitória contra o Metropolitano na 1ª fase. “O time sabe que vai enfrentar um adversário bem difícil. Jogar em Santa Catarina é sempre complicado. Tivemos um exemplo no ano passado lá com casa cheia. Neste ano também tivemos um jogo duro em Blumenau contra o Metropolitano. As torcidas lá sempre apoiam muito. Temos que buscar um resultado interessante para decidir em casa” afirmou Peri. O jogo da volta será dia 20 no Novelli Júnior.

A lembrança do lateral Peri do jogo em Joinville com estádio cheio deve se repetir em Lages. O Vidal Ramos tem capacidade de apenas 7.620 pessoas. Mas no jogo decisivo contra o Caxias recebeu 5.646 torcedores que apoiaram o Internacional. “Jogar com estádio cheio é sempre bom. Independente da capacidade do estádio, jogar com público motiva e mostra que o jogo é importante. Temos que estar atentos para não sermos surpreendidos. Tenho certeza que será um bom jogo” comenta Peri que completou 40 jogos pelo Ituano. “É mais gostoso jogar com o estádio cheio. Fica aquele clima de final. Vamos ficar espertos para trazermos a decisão para casa” fala Claudinho, um dos remanescentes do título Paulista de 2014. Atualmente ele é o terceiro do atual elenco com mais jogos. São 67 partidas. Nesta Série D, Claudinho tem sido um dos destaques. Jogou as 8 partidas e participou de 29% dos gols do Ituano. Humilde, não soube explicar o bom desempenho. “Não sei dizer. O time todo está jogando bem. Isso me facilita também. Espero continuar ajudando o Ituano a conquistar os resultados” disse Claudinho que marcou 3 gols e fez duas assistências.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

10/agosto