Ituano empatou com o XV de Piracicaba em jogo difícil


5 de janeiro de 2017 | Notícias

Lateral Edson fez um golaço empatando a partida perto do final.

O cronômetro mostrava 38 minutos do segundo tempo e o Ituano perdia a partida para o XV de Piracicaba em pleno Novelli Júnior. Neste momento, o lateral Edson que tinha no braço a faixa de capitão tomou a decisão de partir para cima. Ele havia recuperado a bola pela direita e saiu driblando. Na frente dele a defesa do adversário tentava evitar que ele entrasse na área. Com a bola colada no pé Edson foi avançando pelo meio quando tirou o último marcador da frente e viu o gol. Mesmo com a bola no seu pé esquerdo, o destro Edson acertou o canto do goleiro Leo que estava fazendo uma boa partida. A bola foi morrer nas redes. O empate estava decretado. “Se não me engano passei por quatro jogadores. Consegui levar para o meio e finalizei com a esquerda. Na minha posição temos que avançar e procurar um espaço. Foi o que eu fiz e cheguei ao gol” contou com simplicidade Edson que chegou ao Ituano no início de 2016 e marcou seu primeiro gol em 21 jogos no sub 20. Ele recebeu a faixa de capitão de Igor que já havia saído do jogo e soube liderar a equipe num dia que o bom futebol não apareceu. “O jogo foi diferente muito pelo cansaço. Não mudamos nenhuma peça. Jogamos com os mesmos 11 atletas. Também era um jogo decisivo. Para nossa classificação para a próxima fase e para eles que não podiam perder” explicou o zagueiro Gustavo. Na outra partida do grupo 16 da Copa São Paulo o resultado se repetiu. Mas Guarani e Santa Cruz empataram sem gols. Vantagem para o Ituano que joga por apenas um empate no sábado contra o time de Recife para garantir o primeiro lugar do grupo.

Todos concordaram que o Ituano não repetiu a boa atuação da estreia. A temperatura estava um pouco mais amena em relação a terça. Com 30 graus e sem sol. Com a mesma formação todos esperavam uma nova vitória que não veio. “Devido ao que se pedia ao jogo. Só a vitória interessava para eles que deram a vida no jogo. O XV é um time organizado que joga com uma linha na frente bem compacta. Tinha visto dois jogos deles antes da Copa. É difícil você entrar pelo meio assim” comentou Fabrício Nunes sobre as dificuldades da partida. Um pouco melhor na primeira parte da partida, o Ituano criou algumas oportunidades. As melhores foram com o atacante Pedro. Aos 18 ele roubou a bola do zagueiro e partiu para a área. O goleiro Leo saiu aos seus pés e conseguiu impedir o gol. No outro lance ele recebeu o passe de costas para o gol, girou e bateu forte. Nova defesa do goleiro. Bassani e Ximenes cobrando falta ainda tentaram de fora da área. No intervalo o XV fez uma alteração que mudou o jogo. Colocou em campo Spadottin e partiu para cima. Foram três lances com perigo. Nos dois primeiros, Gabriel evitou o gol. Na terceira finalização saiu o gol do XV com 7 minutos. Fabrício fez algumas alterações e aos poucos o time foi se recuperando. “Combinamos algumas jogadas ontem na preleção para fazermos jogadas em diagonal e não aproveitamos as duas melhores oportunidades no primeiro tempo com o Pedro. O goleiro deles foi muito bem. Foi sem dúvidas um dos destaques do jogo. No segundo tempo demos uma desorganizada e isso tem acontecido. Acho que é desconcentração. Depois retomamos o controle pelo meio e numa bonita jogada do Edson conseguimos marcar o gol. Sobre o que tem acontecido na etapa final vamos conversar e corrigir para o jogo de sábado” afirmou Fabrício Nunes. Ituano e Santa Cruz jogam sábado as 16 horas no Novelli Júnior. Na preliminar se enfrentam Guarani e XV de Piracicaba.

ITUANO
Gabriel; Edson, Fellipe, Gustavo e Pavani (Thomas aos 57); Ximenes, Igor (Baralhas aos 66) e Bassani (Giovani aos 66); Valmir (Fagner aos 57), Pedro (Felipe Egídio aos 80) e Patrick. DT: Fabrício Nunes.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

5/janeiro