Ituano estreia com vitória na Série D


4 de maio de 2019 | Notícias

Gui Mendes marcou seu primeiro gol como profissional.

Estreia em campeonato sempre é difícil. Tem a tensão do primeiro jogo, novos atletas que chegaram ao elenco, e ainda mais numa competição tão importante como o Brasileiro Série D. O Ituano mesmo considerando estes aspectos cumpriu o primeiro objetivo traçado. Começar vencendo em casa. Derrotou o URT de Minas Gerais por 1×0. “A gente sabe que é um campeonato diferente. Não só pelas equipes, mas também pelo formato. Você já entra em campo com um nível de tensão por causa da responsabilidade dos jogos em casa. Era de suma importância vencer. Fizemos um bom primeiro tempo com controle da bola, mas erramos alguns passes até pela ansiedade da estreia. No segundo tempo entramos numa briga pela bola, baixou as linhas, até demais. Mesmo assim, incorporamos o espírito da série D e saímos com a vitória” explicou o técnico Vinicius Bergantin. Esta foi a terceira vez seguida que o Ituano começa a Série D vencendo. Foi assim em 2016 contra o Maringá por 4×0 e em 2017 contra o São José de Porto Alegre por 2×1. Mas desta vez foi só por um gol. O primeiro gol do jovem Gui Mendes. “A gente esperava um jogo muito difícil. Foi muito truncado. A gente errou muito. Pecamos em alguns passes. Felizmente fomos felizes numa boa jogada de linha de fundo e marcamos o gol. Depois soubemos controlar o jogo” comentou Gui Mendes de apenas 18 anos.

O técnico Vinicius Bergantin mandou a campo um time com apenas uma estreia para evitar o problema da falta de entrosamento. O zagueiro Leo Rigo fez seu primeiro jogo. Nas outras 10 posições, 5 titulares do Paulista. O goleiro Pegorari, lateral Peri, volantes Serrato e Correa e o meia Bassani que participou de quase toda a campanha do Paulista. Isso ajudou no bom início da partida. Claudinho com 4 minutos experimentou de fora da área. Foi a primeira finalização do jogo. Em outro lance, Claudinho levanta da esquerda, Bassani cabeceia para o chão. O goleiro Arthur da rebote e o zagueiro coloca para escanteio. Em outra oportunidade pelo meio, Bassani recebeu dentro da área e bateu com o pé direito. Por cima. De tanto buscar alternativas saiu o gol. Choco recuperou a bola na direita e conseguiu fazer o cruzamento rasteiro. A bola passou pelos zagueiros, Claudinho e Bassani, mas não passou pelo Gui Mendes que estava do outro lado. Ele teve a tranquilidade de um veterano para concluir para o gol. Depois de um ano de estreia no profissional, Gui Mendes marcou o seu primeiro gol. “Emoção única. É diferente demais. Marcar o meu primeiro gol como profissional. Sou uma pessoa que sonha muito. Estou aqui desde os meus 15 anos de idade. É uma emoção única mesmo” afirmou Gui Mendes que na base desde o sub 15 marcou 23 gols em 79 jogos.

Na comemoração, Gui Mendes correu para o setor nas cobertas, emocionado fez um coração e mandou um beijo para uma pessoa especial. “Era minha mãe que estava lá ali naquele setor. Ela viajou 3 horas para me ver jogar. Justamente hoje que saiu meu primeiro gol no profissional. Ela merece demais” falou sobre a mãe Cristina que veio de Agudos, interior de São Paulo para ver o filho jogar. No segundo tempo, o jogo ficou mais intenso. O Ituano criou algumas oportunidades para ampliar. Peri cruzou para o cabeceio de Correa. Bassani numa jogada de técnica, tentou por cobertura. E Correa pegou um rebote e chutou forte, de primeira. A bola foi na direção do goleiro. Por outro lado, o URT que não ameaçou na etapa inicial, esteve perto do empate. O zagueiro Gladstone mandou uma bola na trave. E Pegorari fez duas grandes defesas no final da partida evitando o gol que seria de empate. “Temos que ter equilíbrio. Não podemos oscilar tanto. Estou feliz por não ter tomado gol. Num campeonato como esse tivemos mais três boas oportunidades, e precisamos sim, liquidar o jogo. Assim o jogaria ficaria mais tranquilo. Se tem a chance, não precisamos sofrer tanto. No todo a equipe se mostrou madura e entendendo que tipo de campeonato está disputando” finalizou Vinicius Bergantin. O Ituano começou com vitória e derrubou um tabu. Este é a primeira vitória em casa contra um clube mineiro em 7 jogos de Campeonato Brasileiro

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Daniel Vorley
Fotografo

4/maio