Ituano estreia novamente fora de casa. Desta vez será em Santo André.


3 de fevereiro de 2017 | Notícias

Ituano volta a jogar no Bruno José Daniel depois de 6 anos. Estádio em Santo André foi reformado.

Neste sábado o Ituano estreia no Paulista Série A1 pela 16º ano consecutivo. Desde o título de 2014, o time tem brigado na parte de cima da classificação geral e por uma vaga na fase de quartas de final. Com a manutenção da base do ano passado e com o técnico Tarcísio Pugliese pelo terceiro ano consecutivo, espera se novamente brigar pela classificação. “Pode esperar um time bastante competitivo. Um time que já se conhece bem e que entende aquilo que a gente pede para fazer. A expectativa é de um time bastante consciente taticamente e bastante comprometido defensivamente. Um time com bastante qualidade para jogar, com muita força ofensiva e com transições bem definidas” comentou Tarcísio que já tem 80 jogos no comando do Ituano. No elenco de 28 atletas, metade disputou o último Estadual. Sete atletas subiram do sub 20 e que disputou a Copa Paulista. Três chegaram para a Série D do ano passado e para este ano foram apenas quatro reforços. “O principal ponto forte nosso acredito que seja a manutenção de boa parte do elenco. Não fizemos muitas contratações. Pelo contrário, fizemos poucas. Não fizemos contratações caras ou badaladas. Mas a nossa principal aposta é no conjunto. Exatamente este fato da gente se conhecer bem, da gente trabalhar a tanto tempo junto e ter um ambiente extremamente harmonioso é a nossa aposta para fazer um grande Campeonato Paulista” afirma Tarcísio Pugliese.

Pelo terceiro ano consecutivo o Ituano vai estrear longe de Itu. O primeiro jogo será no novo estádio Bruno José Daniel que foi reformado, com novos vestiários e gramado. Faz 6 anos que o Ituano não enfrenta o Santo André. O último jogo foi em janeiro de 2011 num empate em 1×1, com Anderson Salles marcando para o Galo de Itu. O Santo André é o segundo adversário que mais enfrentou o Ituano na história do futebol. Desde 1990 são 47 confrontos. Só perde para o rival Paulista. Há um equilíbrio. São 16 vitórias do Ituano, 17 vitórias do Santo André e 14 empates. Por outro lado há um retrospecto negativo. Em 9 estreias no Paulista Série A1 fora de casa o Ituano nunca venceu. São 3 empates e 6 derrotas. “Isso não influência em nada. São outras equipes, outros jogadores, outros treinadores e outras comissões técnicas. A história é importante. Principalmente para nós treinadores, para quem comanda e para quem gere o clube, conhecer. Mas para os atletas não tem nenhuma influência. O que influencia é a gente conhecer o adversário. O Santo André é um time forte, com jogadores experientes. O lateral deles é o Cicinho que rodou bastante. Os atacantes Renan e Edmilson jogaram em times grandes. Tem boas passagens e são bem rodados. O primeiro volante é o Baraka. O zagueiro Leonardo que jogou aqui e estava no Santos, depois passou por Santa Cruz e Paraná Clube. É um time bastante experiente. Esse tipo de situação é relevante para passarmos aos atletas. Modelo de jogo deles. O comportamento quando estão atacando e quando estão defendendo. Quando recuperam a bola e quando perdem a bola. Esse tipo de situação a gente passa para os atletas para que eles estejam bem conscientes do que a gente vai encontrar dentro de campo” explicou Tarcísio. Ituano e Santo André jogam neste sábado às 10 horas com transmissão do Sportv.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

3/fevereiro