Ituano fechou o turno no G4


25 de julho de 2021 | Notícias

Mesmo perdendo de virada para o Botafogo, o Ituano manteve a 4a colocação no grupo.

O jogo que fechou o turno no grupo B foi uma disputa entre o 4º colocado Ituano, e o 5º colocado Botafogo. Uma disputa regional que existe desde 1990. Estava em jogo uma vaga no G4 nesta etapa do Campeonato Brasileiro Série C. Jogando as 11 horas no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, com um gramado irregular e um sol de 27 graus, apesar do inverno, os dois times buscaram o gol desde a primeira etapa. A definição da vitória de virada do Botafogo só aconteceu aos 40 do segundo tempo. Mesmo com a derrota por 2×1, o Ituano se manteve na 4ª posição na classificação, com os mesmos 16 pontos do Botafogo. O Ituano tem um gol a mais que o time de Ribeirão Preto. “Está acima do planejado. Quando chegamos  nós dividimos a competição em três partes. Na 6ª rodada, 12ª rodada e 18ª rodada. Não chegamos na segunda parte ainda. Nossa ideia era chegar na segunda parte com a equipe bem equilibrada, treinada, bem trabalhada e com os mecanismos de jogo bem alinhado. Nós tivemos sim a grande surpresa de atingir o G4 antes disso. Fechamos o turno nesta condição por nosso mérito” comentou o técnico Mazola Júnior. Apesar da virada, o atacante Lucas Nathan, autor do gol, acredita que o empate seria mais justo. “Creio que sim. Pelo que as duas equipes propuseram em campo o empate seria mais justo” afirmou Nathan que marcou seu primeiro gol pelo Ituano.

O gol de Lucas Nathan só saiu aos 33 minutos de jogo. Antes do gol, os dois times criaram 4 boas chances de gol. O goleiro Pegorari defendeu uma finalização de Xuxa aos 5 minutos, e um cabeceio de Ariel aos 12. Já o Ituano teve oportunidade com Jimenez após bom cruzamento de Tiago Marques aos 10. E um cabeceio forte de Rhuan após cruzamento de Nathan aos 17. O gol saiu após uma cobrança de falta por Eduardo Ramos, a defesa do Botafogo deu rebote e parou no lance. Nathan não parou e acertou uma bomba abrindo o placar. “Fiquei muito feliz por marcar meu gol já na terceira partida, e a segunda como titular. Foi uma emoção com todos comemorando. Um gol importante, apesar da nossa derrota” contou Nathan que quase ampliou no último minuto do primeiro tempo. O goleiro Igor Bohn fez a defesa. O Botafogo empatou logo no primeiro minuto da segunda etapa. Pará cobrou escanteio no primeiro pau, um atacante desviou para o segundo pau e Walter de cabeça empatou. Quando o jogo caminhava para o empate, Neto Pessoa recebeu na direita, girou e acertou uma bomba, de canhota, no ângulo. O Ituano ainda acertou a trave em dois lances com Kadu num chute cruzado e Fernandinho numa cobrança de falta que o assistente anotou impedimento. Mesmo merecendo, o empate não veio.

Realista, o técnico Mazola Júnior não usa expressões sorte e outras para explicar o resultado da partida. “Eu não acredito em justiça no futebol. Acredito sim em competência. Eles tiveram a competência de fazer dois gols. Marcamos muito mal a bola parada hoje e fomos punidos. Já era para ter sido punido na primeira parte. Fomos punidos com aquele gol logo no início do segundo tempo que desestabilizou um pouco. A lesão do Nathan também prejudicou a equipe. Foi notório isso. Não conseguimos manter o ritmo com as trocas que fizemos. O segundo gol do Botafogo é mérito do atacante do Botafogo, mas também deixamos de marca-lo como deveríamos ter feito. Ainda mais naquele setor do campo. Jogador canhoto não pode virar para a perna boa sem uma marcação. Com os erros nossos, o Botafogo foi muito feliz e soube fazer o gol. É merecedor da vitória” comentou Mazola Júnior. Por causa da alteração na tabela, o Ituano só vai enfrentar o Criciúma no 2º turno daqui duas semanas. Na outra quarta, dia 4, o Ituano recebe o 3º colocado, e três dias depois vai a Novo Horizonte enfrentar o atual 2º colocado. “Agora vamos encarar o segundo turno de uma maneira mais agressiva e mais forte. Pela minha experiência, os pontos nesta etapa costumam ser mais difíceis de serem conquistados. As vitórias também. Vamos nos preparar bem. Temos 10 dias para o jogo contra o Mirassol. Logo na sequência teremos o Novorizontino. Esta mudança de tabela não foi boa para nós. Mas vamos encarar. Vamos tentar chegar na 12ª rodada mantendo a nossa posição no G4” finalizou Mazola Júnior.    

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografo

25/julho