Ituano goleia Linense e entra na briga pela classificação


22 de março de 2017 | Notícias

O trio Marcelinho, Igor e Simião marcaram 4 gols na goleada no Novelli. O outro gol do democrático ataque foi marcado pelo Morato.

O Ituano foi a campo na noite desta terça no Novelli Júnior sabendo que a vitória era fundamental para que o clube pudesse voltar a brigar pela classificação à próxima fase do Campeonato Paulista. O Ituano estava a dois pontos do Botafogo e após esta rodada faltarão apenas dois jogos para terminar esta fase classificatória. Com duas alterações por causa dos cartões, Roque Júnior pôde contar com o retorno de Guly no meio campo e colocou em campo o jovem Renan de 21 anos na lateral esquerda. Mantendo a mesma postura dos dois últimos jogos, o Ituano construiu a maior goleada na história do confronto contra o Linense. Venceu por 5×1 e entrou na briga pela segunda vaga do grupo A. “Vitória imprescindível! Todo mundo queria esta vitória. Claro que se vem a vitória com um bom jogo te dá mais consistência. Neste momento ganhar o jogo era o mais importante. Os jogadores estão de parabéns e conseguiram um resultado elástico. Mas a vitória era imprescindível neste momento” comentou Roque Júnior que conquistou sua primeira vitória no clube em três jogos. “O Ituano precisava de uma vitória como essa. Estava ensaiada desde o jogo contra o Mirassol. Também jogamos bem contra o São Paulo. Felizmente conseguimos fazer os gols e o mais importante foram os 3 pontos conquistados nesta noite” comentou Igor que marcou dois gols e fez assistência no primeiro gol.

O primeiro gol nasceu numa jogada trabalhada pela esquerda. Marcelinho tocou para Igor que fez o cruzamento preciso para Simião marcar de cabeça aos 13 minutos de jogo. O Ituano continuou atacando e levando perigo a meta do Linense. Novamente Igor achou Simião na área, que bateu para o gol e Carleto parou a jogada com a mão. Pênalti marcado e Marcelinho fez 2×0 aos 29. O Linense só ameaçou o gol de Fábio em chutes fortes de Carletto em cobranças de falta. Foram duas defesas difíceis. Até que aos 8 minutos do 2º tempo, ao chutar a bola para frente, Fábio sentiu uma fisgada na lombar e caiu. O doutor Flávio Santoro pediu a substituição e entrou Wagner no gol. Carleto mudou o estilo da cobrança e levantou a bola na área e Diego Felipe cabeceou para o gol. O fujão Tatá em completo impedimento foi para a bola, desviando atenção do Wagner. A bola entrou e o assistente Bruno Salgado levantou a bandeira. O árbitro Alessandro Darcie chamou para si a responsabilidade e validou o gol. Neste momento o Linense cresceu e Wagner fez duas boas defesas impedindo o empate do clube de Lins.  O Ituano passou a sair em velocidade para o ataque e assim construiu a vitória.

Num destes lances, Morato recebeu na direita e quando foi entrar na área foi calçado por Carletto que recebeu o segundo amarelo e foi expulso. O Ituano soube aproveitar o espaço e ampliou o placar. Simião lançou Morato que recebeu o tranco do zagueiro, não caiu e protegeu a bola. Entrou na área e bateu cruzado para fazer 3×1. Em outra jogada pela direita do ataque do Ituano, Marcelinho cruzou para Igor mergulhar de peixinho e fazer 4×1 aos 28. O próprio Marcelinho quase ampliou num belo chute na meia esquerda. A bola ia no ângulo e o goleiro Vitor colocou para escanteio. Aos 45 Simião tocou para Arnaldo que entrou por trás da zaga e perdeu o gol na cara do goleiro. Até que nos acréscimos, Walfrido roubou a bola no meio, tocou para Morato que largou para Igor fechar o placar em 5×1. “Foi bom. Nós criamos bastante. Fico feliz pelos atacantes que finalmente os gols saíram. Eu fiquei mais feliz ainda que consegui fazer o meu. O importante é que o grupo conseguiu vencer. Independentemente de quem faz o gol” afirmou Igor. “Quando você faz gols aumenta a confiança de todos. O atacante quando não marca fica preocupado. Foi bom esta noite porque vários marcaram os gols. Morato, Igor, Marcelinho e o próprio Simião que marcou de novo. Esta democratização dos gols é bom e dá confiança a todo o time” afirmou Roque Júnior.  “A confiança está a mil, mas é bom lembrar que não atingimos ainda o nosso objetivo. Vamos agora pensar na Ferroviária no sábado” finalizou Igor.

ITUANO – Fábio (Wagner aos 53); Arnaldo, Lima, Naylhor e Renan; Guly, Simião e Marcelinho (Rodrigo Celeste aos 81); Claudinho (Walfrido aos 72), Morato e Igor. DT: Roque Júnior

Gols: 1×0 Simião aos 13, 2×0 marcelinho (pênalti) aos 29 do 1o; 2×1 Diego Felipe aos 11, 3×1 Morato aos 18, 4×1 Igor aos 28 e 5×1 aos 45 do 2o.

Público: 995  –  Renda: R$ 26.270,00

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

22/março