Ituano joga mal, perde e se classifica para a final do Interior


16 de abril de 2017 | Notícias

Arnaldo é travado

Ituano não conseguiu superar a Ferroviária e sofreu uma derrota por três gols em casa. Mesmo assim conseguiu a classificação.

Talvez tenha sido a pior partida do Ituano nesta temporada em 15 jogos. Ao contrário das outras equipes do Torneio do Interior, o Ituano foi o clube que mais teve baixa nestes jogos. Mesmo com a saída de dois atletas como Igor e Morato, a lesão de três como Guly, Simião e Marcelinho, e a suspensão de Naylhor pelo terceiro cartão amarelo, o Ituano poderia ter feito um jogo melhor diante da Ferroviária. “Jogamos mal, tomamos três gols e perdemos. Nós tínhamos que ter mais vontade. Isso que ficou mais marcante para mim. Independente de você perder ou ganhar esta vontade tem que demonstrar em cada bola. Você tem que colocar o pé na dividida. Você tem que sofrer para ganhar o jogo. Tomamos o segundo e o terceiro gol e ninguém chegou. O atacante passou no meio de quatro jogadores nossos. Isso que me deixou assustado por esta atitude num jogo que precisávamos de uma vitória simples para ir a final” comentou o técnico Roque Júnior.  Mesmo com a derrota o Ituano obteve a vaga para a final do Interior por causa da derrota do Red Bull e o empate do São Bento. “Temos que ajoelhar e agradecer esta classificação para a final. Teremos dois jogos para apagar o vexame de hoje. Não podíamos sair do campeonato com uma exibição ruim como essa” disse o zagueiro Lima, capitão nesta partida. A final será disputada em dois jogos contra o Santo André. O primeiro jogo será no Novelli e a decisão no Bruno Daniel no ABC.

A primeira finalização da partida aconteceu aos 18 minutos. E foi do ataque da Ferroviária para boa defesa de Fábio. Ronaldo que voltou a jogar como titular fez a primeira finalização do time aos 32. Mas o chute saiu fraco. Num outro lance de ataque, Romarinho cruzou e Nena tentou alcançar de cabeça. A bola sobrou para o goleiro Tadeu. Antes de sofrer o gol aos 43, Fábio evitou uma finalização cara a cara. No gol, Tiago Marques foi lançado, ganhou na corrida da defesa e fez o gol. No início do segundo tempo o melhor lance do Ituano. Romarinho experimenta de fora da área e a bola vai à trave. Foi um lance raro de ataque da equipe e o Roque fez duas alterações. Colocou Lucas Crispin e Bassani em campo, mas o Ituano continuava sem conseguir criar e finalizar. Já a Ferroviária jogava no contragolpe e conseguiu mais dois gols. Com Tiago Marques e Ranieri já no acréscimo. O goleiro Fábio que ainda evitou outros dois gols em lances cara a cara reclamou na saída de campo. “Jogamos mal e não merecíamos nem a classificação”. Com 4 pontos, o Ituano terminou na frente do Red Bull e São Bento que terminaram com 3 pontos. “Se formos pensar num jogo só. Hoje não merecemos ganhar. Mas vencemos um jogo fora e empatamos o outro jogo em casa. Os outros também não fizeram mais do que nós. No jogo realmente jogamos mal e não merecíamos ganhar. Já a classificação fizemos por merecer. Temos que tirar lição deste jogo para a carreira deles mesmos para que isso não aconteça mais. Perder ou ganhar é do jogo. Mas a vontade, superação,  essa coisa de você lutar até o final se você não tiver você não consegue chegar a  nenhum lugar” explicou Roque Júnior.

ITUANO – Fábio; Arnaldo, Mateus, Lima e Peri; Rodrigo Celeste, Baralhas (Bassani aos 50) e Romarinho; Nena (Lucas Crispin aos 50), Ronaldo e Claudinho (Juliano Levak aos 80). DT: Roque Júnior.

Gols: 0x1 Tiago Marques aos 43 do 1º; 0x2 Tiago Marques aos 36 e 0x3 Raniere aos 45 do 2º.

Árbitro: Leonardo Ferreira Lima
Público: 779  –  R$ 18.810,00

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia 

16/abril