Ituano mescla juventude com experiência na Série C


13 de outubro de 2020 | Notícias

O lateral direito Léo Duarte

O jovem Léo Duarte, recordista de jogos na base, vai ganhando seu espaço junto ao time.

O recordista de jogos da base do Ituano foi titular em Tombos. O lateral Léo Duarte fez seu jogo 10 e atuou como titular pela 4ª vez. As outras três vezes foram após a paralisação do Campeonato Paulista. Ele começou jogando contra a Ferroviária, Santo André e Guarani. No empate com o Tombense demonstrou tranquilidade e confiança. “É muito gratificante para mim porque o trabalho está sendo reconhecido. Trabalho forte todos os dias para merecer estas oportunidades. E elas tem vindo. Procuro aproveitar o máximo e fiquei feliz de poder jogar como titular nesta partida” comentou Léo Duarte que começou no sub 15 em 2014, fez 110 jogos nas três categorias de base e subiu para o profissional no ano passado. “O clube facilita muito para o jovem que vem da base e sobe para o profissional. Nós conhecemos a metodologia do clube e como são dadas as oportunidades para quem vem da base. Ainda mais com o elenco que nos recebe bem. Fica sempre mais fácil” explicou Léo Duarte que no segundo tempo foi substituído por outro jovem que vem da base. O meio campo Lohan, de 19 anos, foi um dos destaques da última Copa São Paulo. Nascido em Itu, ele havia ficado no banco em dois jogos e pode fazer sua estreia no profissional.

Mesclando os jovens da base com a experiência de outros atletas, o Ituano vai buscando se recuperar na Série C. Na quinta joga no Novelli Júnior contra o Volta Redonda. Após fazer 4 pontos contra o Tombense, o objetivo é devolver a derrota da 2a rodada sofrida no Rio de Janeiro. “O futebol tem que ser pensado jogo a jogo. Esta conta que nós precisamos recuperar pontos perdidos no primeiro turno ela é válida. Temos conversado entre nós no elenco o seguinte. Todo jogo será uma decisão, pois o campeonato acaba em dezembro se nós não conseguirmos a classificação. Essa é a ideia. Vamos para cada jogo como se fosse o último. Não podemos deixar para somarmos os pontos lá no final. Se não for assim, não conseguiremos nos classificar. E no final vamos lembrar dos pontos que deixamos para trás. Pontos importantes que não conquistamos. Por isso vamos pensar num jogo de decisão contra o Volta Redonda pois é assim que a Série C tem que ser encarada” afirmou Fillipe Souto, 29 anos, que também foi titular contra o Tombense. Esta mentalidade vai sendo passada para os mais jovens. “Temos que fazer o dever de casa na quinta. Será uma final para nós, porque uma vitória pode nos colocar lá em cima na tabela. Vamos jogar em busca disso” finalizou Léo Duarte. O jogo será às 20 horas e terá transmissão da DAZN.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

13/outubro