Ituano não conseguiu a classificação antecipada


28 de novembro de 2020 | Notícias

Ituano foi bloqueado pelo Ypiranga no Novelli Júnior

Os gaúchos usaram todas artimanhas e impediram nova vitória do Ituano. Não há nenhum classificado no grupo.

Depois de 8 meses o Ituano voltou a perder na sua casa, no estádio Novelli Júnior. Precisando de uma vitória contra o Ypiranga para confirmar a classificação antecipada a próxima fase da Série C, o time foi surpreendido no início e sofreu dois gols. Conseguiu diminuir a diferença no segundo tempo, colocou bolas na trave, mas perdeu por 2×1 para o clube gaúcho. “Nós fizemos um primeiro tempo muito abaixo daquilo que estávamos apresentando nos últimos jogos. Tanto na questão para se defender, como para atacar e competir na partida. E praticamente assim o jogo foi definido. No segundo tempo voltamos melhor. Fizemos o gol, duas bolas na trave, houve uma decepção com a arbitragem, mas a gente tem que aprender com este tipo de postura, não cabe em nenhum momento, ainda mais numa decisão. Vamos nos preparar para esta definição que será em Sorocaba no próximo sábado” analisou Vinicius Bergantin. O grupo B não tem nenhum clube classificado. São 5 clubes brigando por 4 vagas. O Ituano vai decidir seu futuro no clássico contra o São Bento que luta para fugir do rebaixamento. A última rodada terá todos os jogos no sábado, ás 19 horas.

Com menos de um minuto, o Ypiranga que vinha de duas derrotas e um empate deu as cartas. Caprini bateu cruzado e a bola passou perto. Aos 8 minutos finalização de Jean Silva com perigo. Até que aos 14 minutos, pressionado pelo Ypiranga, a defesa errou e o artilheiro Neto Pessoa aproveitou e fez o primeiro gol. O melhor lance do Ituano foi em outro erro do sistema defensivo. Do Ypiranga, mas o gol não saiu. O Ituano não conseguia jogar. Aos 41 minutos, Carprini fez o segundo gol. O segundo tempo foi diferente. Vinicius Bergantin colocou em campo Bruno Mota e Kadu que proporcionaram os melhores lances do Ituano. De cabeça, Bruno Mota colocou a bola na trave. Após cruzamento de Correa, Kadu cabeceou para boa defesa de Deivity. Numa falta de Correa para a área, Sueliton de cabeça diminuiu. O empate quase veio num cabeceio de Luiz Paulo na trave e Kadu pegou o rebote, mas finalizou para fora. Isso foi o que teve de melhor no jogo. Porque a partida foi interrompida por várias catimbas do Ypiranga. Principalmente do estreante técnico Celso Teixeira que não conseguia ficar na sua área e depois de ser várias vezes advertido, recebeu o cartão amarelo. Ele e o seu auxiliar foram amarelados.

Vinicius Bergantin que recebeu uma placa comemorativa dos 100 jogos como técnico no Ituano das mãos do gestor Paulo Silvestri não conseguiu explicar a mudança de comportamento do time. “Difícil da gente falar. Pontuamos muito durante a semana que não podíamos ficar com o ´sangue doce´ por causa da sequência da vitória. Os jogadores estavam cientes. Trabalharam durante a semana. E do outro lado teve uma equipe que veio aqui e fez esta loucura. Este jogo sujo fora e dentro do campo. Já tínhamos tido este tipo de de jogo aqui em casa contra outras equipes neste campeonato. Este ponto que eu contesto pois o árbitro perdeu o controle da partida. Por mais que tem dado 6 minutos de acréscimo, só em cera tinha mais 4 minutos e meio, além das substituições. Mas estamos vivos pela classificação e só depende de nós” afirmou Vinicius Bergantin. Se no grupo A após esta penúltima rodada, os 4 clubes já estão classificados. No grupo B tem 5 clubes com diferença de dois pontos e brigando pelas 4 vagas. “Este grupo até merece isso. Claro que se se a gente ganha, já estaríamos classificados. Mas este grupo merece pelo equilíbrio que estas 5 equipes vem demonstrando no campeonato. Agora na última rodada, nervos, mentalidade vencedora, qualidade para definir esta classificação e um espírito de luta de equipe forte neste última rodada vai fazer a diferença. Só um time vai ficar de fora” disse Vinicius Bergantin.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Daniel Vorley
Fotografo

28/novembro