Ituano quer manter a liderança do grupo


6 de junho de 2019 | Notícias

A dupla Gui Mendes e Claudinho participou de 10 dos 11 gols da boa campanha na Série D.

O Ituano atingiu o primeiro objetivo na Série D com uma rodada de antecedência. Com 11 pontos em 5 rodadas, o time já está classificado para a próxima fase. O atacante Claudinho que já disputou a competição em 2014 e 2016 faz um alerta. “Primeiro de tudo, temos que manter os pés no chão. Sabemos que ainda não conquistamos nada. O primeiro objetivo foi alcançado. Agora tem mais sete jogos para se Deus quiser, coroarmos com o acesso” disse. Em 2014 o Ituano foi eliminado nas 8as e em 2016 no play off do acesso, nas 4as de final. Com uma pontuação menor teve que decidir em Maceió contra o CSA. Por isso, o Ituano vai para a última rodada atrás de mais uma vitória. “Não é pressão, mas todo mundo sabe que isso lá na frente faz a diferença. É melhor também para pegar um time mais fraco. Em 2016 nós perdemos o jogo em casa que fez a diferença. Pegamos um time mais forte, que foi o CSA. Poderíamos ter enfrentado outro time que teoricamente seria mais fraco. Isso fez a diferença. Então vamos pontuar o máximo possível para lá na frente termos essa diferença” lembrou Pacheco que também estava na campanha de três anos atrás.

O Ituano tem a 5ª melhor campanha no geral. E o 5º ataque mais positivo com 11 gols empatado com Moto Club, São Raimundo PA e Jacuipense BA. A dupla que tem ajudado a manter este bom número ofensivo é o artilheiro Gui Mendes com o garçom Claudinho que colaborou com três assistências. “Fico feliz por estar ajudando. Sabemos da importância que é fazer gols, pois mais na frente, no mata-mata, vai fazer a diferença” lembra Claudinho que em 2016 também foi o garçom do time com 3 assistências. Não é só o Claudinho que tem colaborado com os passes para o gol. Os laterais Peri e Pacheco também fizeram assistências na última vitória. “A gente trabalha bastante para isso. O passe deve chegar melhor ao centroavante, nesse caso o Gui. E ele está aproveitando as chances. As bolas que estão chegando, ele está guardando. Isso é mérito dele e mérito de todos que trabalham na semana” afirmou Pacheco que retornou ao clube para a disputa desta Série D.

Além dos bons números no ataque, o Ituano também apresenta boa performance no sistema defensivo. Sofreu apenas dois gols em 5 jogos. Apenas 3 clubes sofreram um gol até aqui. “Isso é um trabalho de todo o grupo. Tanto a defesa, onde a marcação começa lá na frente, quanto o ataque, que se for perceber, começa lá de trás. A gente procura sempre sair jogando com qualidade. E um sistema ajuda o outro” comentou o zagueiro Leo Rigo, que jogou as 5 partidas da campanha ao lado do zagueiro Mateus. Com estes dados que o Ituano vai a Patos de Minas enfrentar o URT pela última rodada. Embora a distância seja de 703 km, a delegação seguirá de ônibus. A CBF não cedeu as passagens aéreas que são destinadas a distâncias maiores de 700km. “Não atrapalha. Já estamos acostumados. Vivemos isso há muitos anos. Muitos clubes que não têm estrutura e vão de ônibus também. Vamos descansar o máximo possível e trabalhar os dias que temos para trabalhar para chegarmos no jogo forte” afirmou Pacheco. “A gente vai viajar para lá para continuar na liderança. Por isso que não tomar gol lá vai ser muito importante, por causa do saldo de gols. Vamos ver o que o Vinicius vai armar para buscarmos a vitória” afirmou Léo Rigo. O jogo contra o URT será no domingo, as 18 horas.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Mauro Horita
Fotografo

6/junho