Ituano vai enfrentar a Caldense na 2a Fase


10 de junho de 2019 | Notícias

O Ituano não jogou bem em Patos de MInas e perdeu a invencibilidade para o URT

A boa campanha do Ituano e os bons números não entraram em campo no Zema Maciel em Patos de Minas contra o URT. Com três alterações por causa dos cartões, Peri, Paulinho Dias e Serrato, além de não poder contar com Luizinho que entrou durante os 5 jogos anteriores, o técnico Vinicius Bergantin não conseguiu uma resposta positiva com esta nova formação. Sem jogar bem, sofreu a primeira derrota na Série D ao perder para o eliminado URT por 1×0. “Se observarmos o primeiro tempo, quando não jogamos e sofremos pressão, as jogadas sempre terminavam com uma finalização do URT, digo que não foi uma exibição que nós esperávamos. Melhoramos um pouco no segundo tempo, mas justo neste momento veio o gol. No final tentamos o empate, mas o resultado não veio” comentou Vinicius Bergantin. Com a vitória do Brasiliense contra o Serra, o Ituano terminou na 2ª posição no grupo 13. Assim vai enfrentar a Caldense na 2ª Fase, o primeiro play off da Série D. Somente no terceiro play off se definirá os 4 clubes que terão o acesso para a Série C 2020.

O Ituano entrou em campo no Zema Macial sabendo que precisava de apenas um ponto para garantir o primeiro lugar do grupo. Invicto com apenas dois gols sofridos e com um bom ataque, parecia outro time a partir do início da partida. Com dois minutos, o time mineiro colocou uma bola na trave. Aos 11 Pegorari fez defesa colocando para escanteio. Em cobrança de falta na frente da área com perigo, Pegorari colocou para escanteio. O capitão Correa reclamou na saída para o intervalo. “O time deles pressionando e nós jogando a 10 por hora”.  O Ituano voltou um pouco melhor. Numa jogada em velocidade de Gui Mendes, ele passou por dois marcadores, tabelou com Marquinho na entrada da área e quando foi receber de volta, foi travado. Logo depois veio o gol do URT. Cruzamento da direita de Jean e Kaio subiu sozinho para cabecear no ângulo. Com objetivo de mudar este cenário, Vinicius Bergantim promoveu as entradas dos atacantes Angelotti e a estreia de Maycon. Logo depois a entrada do jovem Leo Augusto de 18 anos. O Ituano melhorou e conseguiu os melhores ataques. Angelotti finalizou duas vezes com perigo e Maycon quase empatou no final.

A 1ª Fase ficou para trás. O objetivo da classificação já estava garantido desde a rodada anterior. O técnico Vinicius não acredita que houve uma perda de foco. “Eu pontuei isso durante toda a semana. Nós tínhamos alguns desfalques, mas confiamos no nosso elenco. Acho que não nos adaptamos ao jogo. Contra o Serra foi um jogo brigado pela primeira e segunda bola, com um gramado pior, e conseguimos a vitória. Hoje não ganhamos a primeira e nem a segunda bola. Isso foi dando muita força para o URT. Quando você não oferece nenhuma resistência fica bom para qualquer adversário e horrível para a gente”. O primeiro jogo da 2ª Fase será no Novelli Júnior já no próximo final de semana. A CBF vai confirmar dia e horário. O Ituano terá que decidir em Poços de Caldas a classificação para a próxima fase. “Este campeonato é muito disputado e difícil. A Caldense fez uma excelente primeira fase. Respeitamos muito o time deles que faz boas campanhas no Mineiro e sempre participa da Série D. Só que também valorizamos a nossa campanha. Hoje o jogo fugiu da nossa meta de pontos, mas sabemos que temos força e qualidade para chegarmos longe no campeonato que é a nossa ambição. A primeira missão do mata mata é a Caldense. Vamos estudar o time deles para começar com pé direito neste primeiro jogo no Novelli Júnior” afirmou Vinicius Bergantin.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

10/junho