Ituano valoriza o elenco


29 de maio de 2019 | Notícias

O meia Marquinho foi titular no último jogo. Ele é um dos 5 reforços que já estrearam.

Na boa campanha que o Ituano realiza até agora na Série D, o técnico Vinicius Bergantin utilizou 19 atletas dos 26 do elenco. Sendo que 5 dos 8 reforços já estrearam. Embora seja uma competição curta, com apenas 6 rodadas na 1ª Fase, um elenco equilibrado e que ofereça opções é importante para o trabalho do treinador. “Eu tive esse papo com o elenco na sexta-feira. Geralmente eu não gosto de mudar muito o sistema de jogo. Os jogadores sim podem mudar, mas eu não gosto de mudar o sistema de jogo. Mas num campeonato tão difícil como é a Série D, de repente é necessário esse encaixe de esquema tático para poder levar vantagem contra o adversário. Tanto é que a gente jogou de uma maneira aqui em Itu contra o Brasiliense e fora de casa outro. Então serve para a gente enriquecer o nosso elenco e criar essas variações para que a gente consiga, de repente, mudar durante a partida o sistema de jogo” explicou Vinicius Bergantin. Uma das novidades no jogo em Taguatinga foi o meia Marquinho. Ele havia entrado contra o Serra e Brasiliense no Novelli. No domingo ele começou jogando. “A gente vem trabalhando bastante durante a semana. Desde o período em que eu cheguei, trabalhando bem fisicamente. Todo mundo no mesmo nível. A gente recebeu essa oportunidade. E vem se empenhando no intuito de poder corresponder a oportunidade que vem dando o professor Vinicius” comentou Marquinho que completa 30 anos no próximo mês.

Com 8 pontos, o Ituano segue na liderança do grupo e precisa de um empate contra o Serra para garantir matematicamente a classificação. Mas todos no Ituano sabem que além de garantir vaga no play off, é muito importante de somar pontos. “Muito bom ganhar. Muito bom ser líder. Desde o Paulista a gente vem mantendo essa sequência. Todos dentro do vestiário é ciente do que a gente tem que fazer. Temos que entrar em campo e corresponder da melhor maneira possível. Não achar que está tudo ganho, que a gente vai entrar ali porque o primeiro jogo foi 5 a 1 e que vamos fazer 5 de novo. Muito pelo contrário. Se não me engano, acho que foi em 2016, o Ituano ganhou de 5 a 3 fora. E depois perdeu aqui e acabou pegando o CSA. Um baita de um time difícil de se jogar. Acabou se complicando na competição e ficando de fora. A gente tem que entrar ali com a mentalidade de somar o máximo de pontos possíveis para a gente, de repente, pegar clubes de menor expressão para conseguirmos sim o tão sonhado acesso para a Série C” alertou o goleiro Pegorari. Outro que chegou este ano tem o mesmo pensamento. “A gente está ciente disso e convictos da importância da vitória. Temos que conquistar e estamos bem focados nisso. A gente vai entender o jogo. Temos que aproveitar as oportunidades. É uma equipe bastante qualificada também. Nós não podemos deixar subir para a cabeça. Temos que ter os pés no chão e aproveitar as oportunidades que aparecer” afirmou Marquinho. Ituano e Serra jogam sábado, as 16 horas no Novelli Júnior.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografo

29/maio