Ituano vence a segunda seguida e garante classificação na Copa São Paulo


6 de Janeiro de 2019 | Notícias

Donizete marcou um golaço no empate que provocou a reação do Ituano em busca da vitória de virada contra o Capital.

O Ituano venceu o Capital de Tocantins por 4×2 e garantiu classificação para a próxima fase da Copa São Paulo. Esta é a 4ª vez que o Galo de Itu vence as duas primeiras partidas da competição e a quarta vez seguida que garante vaga a fase de play off. O meia Canhota foi o destaque fazendo mais duas assistências. Martinelli marcou mais dois gols e chega a três gols na Copa. Este é o resumo de uma partida que parece, mas não foi fácil. “Hoje foi inverso do jogo de estreia. Jogamos melhor no segundo tempo. O gramado estava diferente, com chuva e o adversário não deu espaço para o Ituano jogar. Demorou 45 minutos até sofrermos um gol para só depois entrarmos no jogo. Com as duas mudanças que fizemos no intervalo o time melhorou. Principalmente com a entrada de Lohan que deu outra segurança e estabilidade na saída de bola. Na frente melhoramos com Donizete abrindo de um lado e Martinelli do outro e o Canhota vindo buscar o jogo que é o forte dele. O Canhota jogou para equipe, jogou simples, tocou a bola, fez as assistências e teve oportunidade de gol. O time encaixou e conseguimos esta vitória importante” explicou Zé Sergio feliz com o bom futebol apresentado e a classificação do Ituano garantida após a vitória do Corinthians no jogo de fundo contra o Sinop. Na próxima terça as 21hs30, Ituano e Corinthians decidem o primeiro lugar do grupo. O empate é do time da capital por ter marcado um gol a mais que o Ituano nestes dois jogos.

A chuva castigou o gramado o dia inteiro. Felizmente o sistema de drenagem do Novelli Júnior é muito bom e o temporal deu uma trégua a partir do início do jogo. O Ituano teve a melhor oportunidade somente aos 39 minutos num cabeceio a queima roupa de Donizete aproveitando um rebote. O goleiro Luis Eduardo com um tapinha colocou para escanteio. Antes foram algumas finalizações erradas. Até que aos 44 minutos, Diego recebeu um lançamento longo, a bola bateu na sua perna. A defesa do Ituano parou pedindo mão, e o atacante do Capital aproveitou e abriu o placar. “Falta um pouco mais de calma para nós ao trocarmos os passes e no momento da finalização” pediu o zagueiro Bernardo na saída para o intervalo. Realmente o time voltou melhor para a etapa final e foi em busca da virada. “Sem dúvida voltamos melhor para o segundo tempo. É um grupo unido onde cada um corre pelo outro. Desde os treinamentos e levamos isso para os jogos. No vestiário falamos sobre isso e conseguimos a vitória. Foi uma conversa simples, mas que ajuda muito” contou Canhota. Após uma pressão inicial, o empate saiu aos 18 minutos. “Depois que secou o gramado no segundo tempo, conseguimos jogar melhor e chegamos aos gols. No empate, o Canhota bateu escanteio, deu rebote e o Lohan ajeitou para mim. Na hora já pensei em bater para o gol e acertei um belo chute. Foi um bonito gol” falou Donizete. Na verdade, foi um golaço. A partir deste gol, a vibração dos torcedores e time foi intensa e a virada seria questão de tempo.

A virada veio aos 30 minutos após outra cobrança de escanteio de Canhota. Ele bateu no segundo pau para o zagueiro Bernardo cabecear e marcar o segundo gol do Ituano e o segundo dele na Copa. Gabriel Barros que entrou no lugar de Donizete, cruzou para Martinelli marcar 3×1 de cabeça. O 4×1 saiu aos 37 em nova assistência de Canhota. Ele deixou Martinelli livre que na cara do goleiro tocou para o gol vazio. “É uma característica minha jogar mais centralizado. Converso com o Zé Sérgio e ele me dá liberdade para me movimentar e me livrar do marcador e ter chance de finalizar. Estou muito feliz, voltando a jogar na minha posição. Consegui dar mais duas assistências na competição. Sou muito grato aos que estou conseguindo” comentou Canhota que tem três assistências na atual Copa São Paulo. Aos 41 o Capital diminuiu com Jorge. Classificado, o Ituano agora decide a liderança do grupo com o forte Corinthians. “A nossa vontade é repetir o primeiro tempo do primeiro jogo e o segundo tempo do segundo jogo. Vamos vencer o Corinthians? Não sei. Mas vamos jogar. Esta é a proposta do nosso trabalho. O Ituano tem que jogar pela qualidade de seus jogadores. Vai criando moral para a sequência da competição” lembrou Zé Sergio. “Vamos manter os pés no chão, e o que fizemos nestes dois jogos. Vamos chegar terça feira 100%. Vamos buscar jogar sem erro” afirmou Canhota. “Temos que entrar com os pés no chão para fazer um bom jogo” lembra Donizete.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP 

Miguel Schincariol
Fotografia 

6/janeiro