Ituano vence o Caxias e se aproxima da classificação


2 de julho de 2016 | Notícias

Simião abriu o caminho da vitória contra o Caxias no Novelli Júnior. A vitória por 2×1 coloca o Ituano na liderança isolada com 9 pontos.

O Ituano fez um primeiro tempo primoroso contra o Caxias no Novelli Júnior. Começou pressionando, não deu chance para a equipe gaúcha e chegou a vantagem de dois gols. Aos 6 minutos, Igor cobrou escanteio pela direita e Simião cabeceou firme para abrir o placar. Aos 18 minutos foi a vez do Igor marcar o gol. Arnaldo fez boa jogada pela direita, passou pelo marcador, e antes de cruzar levantou a cabeça e viu Igor fechando no primeiro pau. Cruzou rasteiro para Igor pegar de primeira e marcar o segundo gol. “Fui muito feliz no lance. Esse é meu ponto forte, na velocidade, ir a linha de fundo, levantei a cabeça e vi o Igor que também foi muito feliz ao acertar um belo chute” comemorou Arnaldo a sua primeira assistência em 4 jogos no clube. O Ituano tinha o controle da partida. Até que veio o lance que equilibrou o jogo. Aos 41 minutos, Anderson Feijão escapou em contragolpe e quando Claudinho se aproximou recebeu uma cotovelada. O lance seguiu e o volante Guly parou a jogada com um carrinho. O árbitro mineiro Renato Cardoso mostrou o segundo amarelo e expulsou o jogador do Ituano. Ele havia recebido aos 20 minutos um cartão amarelo quando segurou a camisa do adversário. “É complicado jogar com um jogador a menos. Já passamos por isso em Blumenau quando ficamos com dois a menos. Quem está no jogo tem que correr em dobro. Felizmente conseguimos mais uma vez garantir a vitória” disse Igor.

O segundo tempo foi realmente outro jogo. O Caxias buscava pressionar e tentava chegar ao gol do Ituano através das faltas cobradas pelo Anderson Feijão. Tentou repetir o que fez na semana passada no estádio Centenário. Desta vez a defesa estava atenta e o goleiro Fábio impediu todas as tentativas. Até que aos 28 numa jogada pela direita, o atacante gaúcho se livrou do marcador e levantou para a área. O artilheiro Jajá não errou a cabeçada e diminuiu para o Caxias. O Ituano manteve a postura ofensiva inclusive com a entrada de Rafael Martins no lugar de Marcão que saiu com uma pancada. Naylhor chegou ampliar numa cobrança de falta cobrada pelo Igor, mas o árbitro invalidou o lance dizendo que Naylhor teria empurrado o marcador. O capitão do Ituano negou a falta. Mesmo com 4 minutos de acréscimo, o Ituano confirmou a terceira vitória e segue na liderança do grupo 17. Agora isolado com 9 pontos. “O Tarcísio colocou isso para gente durante a semana. O importante é vencer em casa. O time se comportou bem e está de parabéns” contou Arnaldo. “Missão cumprida. A ordem é ganhar em casa. Conseguimos o resultado positivo e ainda temos mais um jogo no Novelli na próxima semana” lembrou Igor. Faltando duas rodadas o Ituano está muito próximo da classificação para a próxima fase. No outro jogo do grupo Maringá e Metropolitano empataram em 2×2. os dois times tem 4 pontos. O próximo jogo do Ituano será novamente no Novelli Júnior, contra o Metropolitano. Mais uma vitória garante matematicamente a vaga e o primeiro lugar no grupo.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

2/julho