Ituano voltou a Santa Catarina pelo terceiro ano consecutivo


17 de junho de 2016 | Notícias

Ituano já jogou em 6 estádios catarinenses de 5 cidades diferentes. Neste sábado vai conhecer o Sesi de Blumenau.

Após o treino desta quinta, a delegação do Ituano seguiu viagem para Blumenau onde jogará neste sábado pela 2ª rodada da Série D contra o Metropolitano. Por causa de obras na Regis Bitencourt e chuva já em Santa Catarina, a viagem demorou mais que o previsto. Foram 10 horas de Itu até Blumenau. “A viagem foi bastante desgastante. Nós sabíamos que seria longa, mas não imaginava que pudesse ser tão cansativa. Como viemos com dois dias, espero que não interfira na partida deste sábado” explicou Tarcísio Pugliese. Por causa do atraso e da chuva, o treino desta manhã foi cancelado. Os atletas fizeram uma movimentação física na parte da tarde sob o comando do professor Leandro Spinola. Esta será a 10ª vez que o Ituano vai jogar em Santa Catarina. Enfrentou 5 clubes diferentes, e será o primeiro confronto com o Metropolitando de Blumenau. O volante Simião jogou em 2011 no clube e outras duas temporadas no Brusque e sabe das características do futebol catarinense. “É um time aguerrido e que luta muito. Tem uma torcida que apoia e que acolhe o Metropolitano. Não será um jogo fácil. Independente da situação que se encontra o clube, a torcida deles apoia e tenho certeza que eles vão querer reverter esta derrota inicial. Mas que não seja em cima da gente. Que possamos fazer um grande jogo e se não conseguirmos os três pontos, que possamos voltar com o empate. Temos que somar pontos para conseguirmos a classificação” afirmou Simião.

O jogo será no estádio do Sesi que não foi utilizado no Catarinense pelo Metropolitano. Reformado o local será reaberto neste sábado e nem o Metropolitando pode treinar no local por causa da chuva. Além do Simião, o atacante Marcão também conhece o estádio. “Joguei lá pelo Guarani de Palhoça quando estive emprestado no ano passado. O jogo foi 1×1” lembrou Marcão. “Em relação ao campo eles podem falar algo para nós. Principalmente o Simião que jogou no Metropolitano. Mas sobre o time é diferente, já que eles mudaram bastante do Catarinense para cá. De qualquer foram, qualquer informação e detalhe pode colaborar conosco” comentou Tarcísio. O futebol catarinense é o Estado que mais enfrentou o Ituano. São 19 confrontos com absoluto equilíbrio. O Ituano tem 6 vitórias, 7 empates e 6 derrotas. “O futebol de Santa Catarina cresceu bastante nos últimos anos. Tem inúmeros clubes na série A e B do futebol brasileiro. E a grande maioria do interior. O Metropolitano é mais um clube com este perfil. Muito organizado e que tem feito boas campanhas no Estadual. Conseguiu novamente a vaga na Série D. Certamente vamos encontrar um adversário difícil e que vem de uma derrota e por isso precisam se recuperar na competição” afirmou o técnico Tarcísio Pugliese.

O Ituano retornou a Santa Catarina pelo terceiro ano consecutivo. Na disputa da Série D de 2014, o Ituano empatou em 1×1 com o Guarani em Palhoça. No ano passado jogou na Arena de Joinville pela Copa do Brasil e perdeu por 1×0, mas obteve a classificação para a próxima fase. Após iniciar o Brasileiro com uma vitória após 10 anos, o Ituano espera continuar vencendo novos desafios. “Fico feliz com uma vitória como essa. Começamos quebrando marcas. Isso é importante para o Ituano. Mas queremos fazer mais histórias. Teremos muito trabalho pela frente e equipes qualificadas. Embora com esse placar dilatado, o Maringá foi a Itu com um propósito de nos complicar e nós conseguimos tornar o jogo fácil. Temos que manter os pés no chão na sequência da competição para atingirmos nosso objetivo” finalizou Simião.

Acaz Fellegger
Jornalista mtb 19.426 SP

17/junho