Ituano voltou com ponto de Porto Alegre


12 de junho de 2021 | Notícias

Ituano e São José empataram sem gols no Passo D´Areia. O atacante Kadu foi titular e finalizou duas vezes com perigo.

Há 11 anos o técnico Mazola Júnior participava da reconstrução do Ituano. No sábado em Porto Alegre contra o São José no estádio Passo D´Areia ele começou a recuperação do time na Série C deste ano. Com empate sem gols, voltou para Itu com o primeiro ponto na competição. “Estou 33% satisfeito. Sempre é bom quando você joga fora de casa voltar com um ponto. Mas, não viemos aqui para isso. Só que pelas circunstâncias do time e pelo gramado sintético foi bom este ponto. No aspecto de entrega, de luta não ficamos a dever nada. Contra um time acostumado a jogar aqui nestas condições. Treina aqui e sabem usar muito bem o campo que tem” comentou Mazola que valorizou seu sistema defensivo. “Estou satisfeito por ter zerado nossa defesa. Foram 5 gols em dois jogos e hoje não sofremos gol numa situação difícil. Como dizem os estudiosos você começa a arrumar o time de trás para frente. Hoje já tivemos indicativos muito positivos para a sequência da competição” afirmou Mazola Júnior. Há 7 jogos que o Ituano não passava em branco. Sem sofrer gol.

O goleiro Pegorari mais uma vez saiu do Passo D´Areia sem sofrer gol. No ano passado, o Ituano venceu o São José por 1×0. Ele também comemora a primeira meta alcançada. “Na estreia do Mazola é muito importante manter o zero no placar. Conversamos muito sobre não sofrer gol. Arrumar primeiro o sistema defensivo, pois isso nos dá confiança para o nosso ataque conseguir fazer bom papel na frente. Aqui é um gramado sintético, atípico para nós. Por isso o nosso primeiro objetivo era não tomar gol. E isto foi alcançado” explicou Pegorari que fala das dificuldades deste gramado sintético, diferente do Allianz Parque. “É muito diferente. A bola fica muito viva. Ela quica muito. Dificulta muito o domínio e esse primeiro passe. Já sabíamos disto e evitamos algumas jogadas lá trás para não sofrer gol. Agora que a gente possa fazer uma excelente partida contra o Paraná e conseguir nossa primeira vitória na competição” afirmou Pegorari que pela 22ª vez em 71 jogos não sofre gol.

Na partida, o Ituano esteve mais próximo de tirar o zero do placar. Kadu Barone finalizou duas vezes na primeira etapa. Uma após boa jogada de Igor Henrique e outra após cruzamento de Léo Duarte. Nesta segunda a bola “explodiu” no zagueiro e saiu. A melhor oportunidade veio na segunda etapa com o atacante Tiago Marques que entrou na área driblando, e quase sem ângulo tocou para o gol. O zagueiro em cima da linha tirou a bola. “Em relação a nossa equipe, achei que poderíamos ter saído com vitória. As duas oportunidades claras de jogo construído foram do Ituano. O São José levou perigo na bola parada, que é o forte e característica dele. Vamos agora para mais uma rodada em Itu com mais uma semana de trabalho. Vamos dar uma qualificada no nosso grupo e recuperar atletas que estão fora para irmos mais forte no sábado” comentou Mazola que pelo mal início de Ituano e Paraná, o próximo jogo será um primeiro confronto direto. “Neste momento sim porque são dois clubes fortes numa chave duríssima. Infelizmente nós não começamos bem, assim como o Paraná, mas nós temos certeza, que não é esta a posição que vamos lutar na competição” finalizou.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Everton Silveira
Fotografo

12/junho