Jogo intenso de 6 gols em Brusque


12 de janeiro de 2021 | Notícias

Fillipe Souto comemora o gol de empate em Brusque

Fillipe Souto empatou o jogo em 2×2. Erros da arbitragem tiraram o brilho da partida. Brusque venceu e conseguiu o acesso.

Foi um jogo de alta rotação. Foi uma partida de bom nível. Uma disputa que poderia ser de Série B. Ituano e Brusque já se enfrentaram na Série D decidindo vaga para a final. Se enfrentaram na Série C com os dois vencendo novamente em suas casas e avançando para a próxima fase. Neste 6º confronto em menos de dois anos, o jogo valia acesso para a Série B. E teve muita emoção. Com menos de 25 minutos de bola rolando, os dois empatavam em 2×2. Com os times buscando a vitória e o resultado, natural escalar um árbitro de alto nível. Assim foi feito com o carioca Marcelo de Lima Henrique, árbitro da FIFA. Infelizmente cometeu três erros vitais para o resultado. “Não vamos tirar méritos do time do Brusque pela vitória, mas nos momentos decisivos, num jogo decisivo, em momentos da partida que estávamos bem. Pronto para empatar de novo no lance do pênalti não marcado. Foram três decisões pesadas num jogo tão equilibrado fica muito difícil. Às vezes você tem um lance duvidoso na partida, mas três lances cruciais são difíceis. Mesmo querendo falar dos méritos do time do Brusque, uma situação como essa é difícil. Vamos valorizar nosso grande jogo, mesmo com um placar de 4×2 na derrota. Conseguimos jogar aqui na casa do Brusque que é muito difícil. Agora também teve detalhes que não podemos errar como no 3º gol na volta do intervalo. Temos que estar atentos para conseguir a vitória” comentou Vinicius Bergantin. O Brusque venceu por 4×2 e conseguiu o acesso. O Ituano no domingo decide sua vaga com o Vila Nova em Itu.

O Brusque começou atacando e Pegorari fazendo boa defesa. Aos 4, Marco Antônio recebeu lançamento a frente, em posição de impedimento, não anotado pelo assistente Silbert Faria Sisquim. Ele abriu o placar para o Brusque. Logo depois, Taliari aproveitou o rebote e com muita qualidade tocou por cima do goleiro empatando o jogo. Na sequência quase que o Ituano virou o jogo com Taliari que tentou uma bicicleta. Quatro minutos após, Thiago Monteiro recebeu novo lançamento para fazer 2×1 para o Brusque. Aos 22, Mateus Santos recebeu uma falta perto da área. Jogada ensaiada com Correa rolando para trás e Fillipe Souto batendo forte, rasteiro para empatar a partida. No início do segundo tempo, o Brusque voltou a ficar na frente. Garcez aproveita roubada de bola de Thiago Maranhão e faz 3×2. O Ituano poderia ter empatado novamente em cobrança de pênalti. Marquinho recebe de costas, gira em cima do zagueiro e já dentro da área é calçado por trás. O árbitro Marcelo de Lima entende que foi simulação. Não veio o empate, e sim mais um gol do Brusque. Em falta cobrada na direita, o zagueiro Ianson sobe para disputar pelo alto, a bola amortece na sua mão e cai na sua frente. Ele aproveita e faz 4×2. “O Ituano conseguiu jogar num campo muito ruim. Tanto na qualidade do gramado, como também pesado por causa da chuva. Mas na partida ocorreram erros que não podem acontecer. Impedimento claríssimo no 1º gol, e no 4º gol, a bola parou na mão do autor do gol. E ainda teve o pênalti claro em cima do Marquinho. Impossível ter erros tão preponderantes como esse e não se falar deles. Mesmo assim quero ressaltar o nosso jogo. Tanto nosso volume de jogo, embora o placar tenha sido desfavorável” disse Fillipe Souto.

A vitória deu o acesso antecipado ao Brusque que chegou a 9 pontos no grupo. O Ituano permanece com 5 pontos, junto com o Santa Cruz. Mas por causa dos gols sofridos, seu saldo é menos dois. Enquanto o time pernambucano que enfrenta o Brusque em Recife tem saldo menos um. O Vila Nova que joga em Itu tem 7 pontos. Os três precisam vencer para garantir a segunda vaga. E o Brusque precisa pelo menos um ponto para confirmar a vaga para a final. A última rodada vai reservar fortes emoções. “Entramos no vestiário, claro que sentimos a derrota, mas já falando do jogo de domingo contra o Vila Nova. Ainda no gramado, o pessoal do Brusque veio falar para nós que vão fazer um jogo forte contra o Santa Cruz. Independente disso, nós precisamos vencer no domingo” afirmou Vinicius Bergantin. O experiente Fillipe Souto que marcou seu 3º gol nesta Série C confirma o desejo do grupo. “Se o resultado no jogo em Recife for favorável para nós e não ganharmos o nosso jogo, não vai adiantar nada. Portanto o primeiro passo é ganharmos o nosso jogo em casa. Vamos jogar o nosso jogo. Nós sabemos jogar com a bola no chão. Só assim vamos conseguir a vitória. Sabemos da nossa qualidade do nosso jogo. Estamos vivos e confiantes para buscarmos a vitória”.  A última rodada está marcada para domingo, dia 17, ás 18 horas. Os dois jogos começam no mesmo horário.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP