O DNA do Ituano


25 de novembro de 2019 | Notícias

Capitão Correa vê sua história se repetir no Ituano com os jovens que são formados na base.

Há 20 anos o jovem Corrêa subia para o profissional. Ele veio de Limeira para começar no sub 15 do Ituano e jogar toda a base no clube. Seu primeiro jogo foi em 24 de fevereiro de 1999. Menos de um mês depois, nascia Léo Duarte. O recordista de jogos na base nasceu em 23 de março em Salto. Esta é a distância de 20 anos não impede de ambos trocarem passos e boas conversas no elenco para a temporada 2020. “Ele é experiente e me acolheu bem quando eu subi. A gente vai trabalhar junto em prol da equipe e para o melhor da equipe” afirmou Léo Duarte que também começou no sub 15 e jogou toda a base no Ituano. “É a realização de uma meta. Não é sonho e sim meta. A gente tem bastante metas e uma delas foi alcançada. Agora é trabalhar para, se Deus quiser, quando aparecer a oportunidade, a gente ir bem” projeta Léo Duarte. Mais uma vez Corrêa será o irmão mais velho dos jovens que sobem da base. Assim como foi no ano passado com Martinelli e Gui Mendes. “Isso é satisfatório e legal ter esse retorno. E olha que eu sou chato. Você ser usado como exemplo isso é muito positivo porque é uma resposta quando se trabalha com afinco, e faz as coisas com prazer e dedicação. Eu tenho pautado a minha carreira muito nisso. Não é fácil chegar com 39 anos numa sequência legal. Mas sendo exemplo isso é muito positivo” afirmou o capitão Corrêa.

O técnico Vinicius Bergantin é da mesma geração do Corrêa. Ambos jogaram juntos na base desde o sub 15 até o profissional. “É mais um caso que a gente fica muito contente. De ver o jogador chegar aqui com 13,14, 15 anos e ele poder estar tendo esta oportunidade. Ele fez por merecer. É um jogador que tem mais de 100 jogos na base do Ituano. Ele foi um dos destaques da campanha até a semifinal do Paulista. Mérito dele de estar tendo esta oportunidade. Desde o primeiro ano com Baralhas, Bassani, e assim ia se renovando. Isso é importante para os clubes do interior. E vou mais além. Vou pontuar uma questão que os clubes grandes sempre reclamam que tem 35,40 jogadores no elenco, mas as vezes fazem umas contratações que eles têm jogadores de lista B emprestados em outros clubes. Acho que esta lista B pode ser bem utilizada por todos os clubes. Desde o clube grande até o clube que está tendo o acesso agora. A gente vê exemplos de clubes, como o São Bento e o São Caetano, que foram rebaixados no ano passado, praticamente não utilizaram jogadores de lista B. Acho que é possível montar um elenco mais barato com jogadores com identificação formados na sua casa. Tem jogadores aí com o DNA do clube e isso vem sendo, também, uma das chaves do sucesso do Ituano nos últimos anos” comentou Vinícius dando exemplos.

Além de Léo Duarte, o zagueiro Bernardo, titular da campanha do sub 20 também subiu para o profissional. Os dois se juntam a outros 4 jogadores neste início de preparação. O goleiro Júnior, zagueiro Fellipe, lateral Pavani e o atacante Gui Mendes também vieram da base e já estão no profissional há algum tempo. Todos recebem os conselhos do capitão Corrêa. “Vou continuar sendo chato. Vou continuar cobrando. Porque quando você se dedica e faz por merecer ali dentro de campo, acaba transferindo isso para o jogo e a resposta vem. Fico feliz por ter esse reconhecimento por parte dos meninos. E com certeza no que eu puder ajudar, seja num conselho, seja numa bronca, seja num posicionamento dentro de campo para que eu possa agregar, eles possam levar isso para a sequência da carreira deles, eu vou tentar fazer o meu melhor para eles. E para que a gente possa continuar crescendo juntos, porque eu também acabo aprendendo. Acabo me reinventando. Eu ganho ainda mais experiência para estar agregando não só com eles, mas com todos os jogadores que fazem parte e estarão conosco na sequência do campeonato. Para a gente crescer juntos e conquistar os resultados dentro de campo que é o mais importante. 2019 foi um ano satisfatório e a gente já projeta 2020 um ano tão bom quanto para continuarmos crescendo e conquistando os resultados” comentou Corrêa.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 S.P.

25/novembro