O esperto Bruno Mota


17 de dezembro de 2020 | Notícias

Bruno Mota marcou contra o Criciúma no Novelli

Bruno Mota tem dois gols nesta Série C. Em Goiânia foi rápido e fez a assistência no gol de empate.

A rapidez de raciocínio do atacante Bruno Mota no lance desenvolvido aos 27 minutos da primeira etapa foi fundamental para que o Ituano buscasse a virada em Goiânia. Naquele momento o time perdia por 1×0 para o Vila Nova e a partida estava equilibrada. Sem se abalar com o resultado negativo, o técnico Vinicius Bergantin manteve o time pressionando. E deu resultado. “Foi um lance muito rápido. Eu fiz a pressão e nós treinamos muito isto. A bola foi mal recuada para o goleiro e sempre temos a intenção de roubar a bola. Eu estava esperto naquele momento. Quando a bola veio no meu pé, consegui reagir rápido e tocar para o Gabriel fazer o gol” explicou Bruno Mota que fez a assistência para o gol de empate de Taliari. Pode parecer, mas não é um lance casual. “A gente treina bastante durante a semana com os dois atacantes lado a lado este tipo de posicionamento. O goleiro fechou bem o ângulo quando recuperei a bola. Se finalizasse, ele poderia desviar. Vi o Gabriel do meu lado e toquei a bola certinha para ele finalizar muito bem” confirmou Bruno Mota que tem dois gols marcados e fez sua primeira assistência em 15 jogos.

Bruno Mota chegou ao Ituano em agosto como reforço para a Série C. Fez sua estreia na 3ª rodada, entrando no segundo tempo do empate com o Londrina no Novelli Júnior. Seu primeiro jogo como titular foi justamente contra o Brusque, próximo adversário nesta 2ª Fase. Ele também enfrentou o clube catarinense em Itu. Da derrota no Augusto Bauer para a vitória no Novelli Júnior, mudou alguma coisa nestes dois meses que separam o jogo do turno para o returno. “Do primeiro jogo para o segundo jogo contra o Brusque nosso time evoluiu muito. Naquele jogo em Santa Catarina, eu ainda não estava entrosado. Ainda estava jogando com uma proteção por causa do nariz quebrado. Não consegui fazer uma boa partida. Já no segundo jogo, nós já conhecíamos o time deles. Sabíamos o que eles iam fazer também. Conseguimos colocar a bola no chão e jogar. Mesmo saindo atrás do placar, tivemos a cabeça fria para jogar e conseguir a virada” explicou Bruno Mota. Ituano e Brusque voltam a se enfrenta nesta fase. Desta vez primeiro em Itu. “Segunda feira temos que manter nosso padrão de jogo. Pressionar quando tiver que pressionar. Baixar as linhas quando tivermos que baixar. Tendo oportunidade temos que marcar. Esta fase é muito decisiva” afirmou.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

17/dezembro