Pacheco nacional


5 de outubro de 2021 | Notícias

Pacheco faz o cruzamento para o gol de Igor Henrique

Lateral Pacheco sempre aparece nos Brasileiros com assistência e gol. Sua performance sobe nesta competição.

Na partida contra o Oeste há 25 dias no Novelli Júnior, o lateral Pacheco levantou uma bola de pé esquerdo para o outro lado do campo. No peito de Tiago Marques que fez a assistência para Gerson Magrão marcar o primeiro gol na vitória por 2×1. Depois de dois empates sem gols, o Ituano volta a vencer numa jogada de Pacheco. Do meio campo, ele fez um cruzamento preciso para o gol da vitória contra o Botafogo em João Pessoa. “Tenho uma característica de cruzar de longe. Ainda mais com os atletas que nós temos que entram muito bem neste tipo de bola. Olhei para o Igor e fui feliz na jogada do gol” explicou Pacheco que fez sua 6ª assistência em 95 jogos. Ele que retornou ao clube em 2019 tem feito suas assistências no Brasileiro. Foram duas pelas Série D 2019 na campanha do acesso, uma no ano passado no jogo da classificação contra o São Bento em Sorocaba e agora na estreia da 2ª fase. “Estava com saudade de participar de um gol porque neste ano ainda não tinha feito assistência. É sempre bom ajudar a equipe com passe ou com gol” contou Pacheco que tem 5 gols, sendo 3 marcados em Brasileiros. E das 6 assistências, 4 foram na competição nacional.

Nascido em Campinas há 30 anos, Pacheco está na sua 5ª temporada no Ituano. Jogou em 2015 e 2016 e retornou ao clube há dois anos. Experiente, participou da boa campanha na Copa do Brasil em 2015 e da perda do título na Copa Paulista. Ajudou no acesso em 2019. Mas também vivenciou a frustação da eliminação no ano passado após estrear na 2ª fase da Série C com a vitória em Goiânia contra o Vila Nova. “Não podemos cometer duas vezes o mesmo erro. No ano passado conseguimos a vitória fora de casa e não tivemos sucesso em casa. Este ano será diferente. Vamos fazer a lição de casa” lembrou Pacheco. O jogo no Novelli Júnior com público será no próximo domingo contra o Criciúma ás 16 horas. “Vamos fazer a lição de casa. Será um jogo difícil, porque cada partida tem uma história diferente. Não será igual ao último jogo. Vamos nos preparar durante esta semana para buscar a vitória” afirmou Pacheco que dos 5 gols pelo Ituano, marcou justamente contra o Criciúma na 1ª fase da Série C do ano passado, no empate em 2×2 no Novelli. Agora como disse Pacheco, cada partida tem sua história. E deverá ser diferente!

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Suelânio Viegas
Fotografia

05/outubro