Retorno amargo


10 de outubro de 2021 | Notícias

No retorno do torcedor após quase 20 meses, o Ituano não conseguiu dar alegria com uma vitória.

O torcedor do Ituano ficou longe do estádio Novelli Junior por quase 20 meses. Foram 583 dias sem poder assistir de perto ao jogo do Ituano. Não puderam ver nenhum jogo da volta do Ituano a Série C no ano passado. A última partida que assistiram no estádio foi em 6 de fevereiro do ano passado quando saíram frustrados com a derrota por 2×0 para o Guarani pelo Campeonato Paulista. Neste domingo, 1.177 torcedores compareceram e apoiaram o Ituano contra o Criciúma pela Série C. Mas foram embora com um gosto amargo pela derrota, novamente por 2×0. “Primeiro quero agradecer a presença do Ituano. Achei que foi uma presença muito boa. Principalmente a postura do torcedor do Ituano que nos apoiou os 95 minutos e quero agradecer de coração aberto estes torcedores” afirmou o técnico Mazola Júnior que fez questão de agradecer a presença dos torcedores para depois explicar o que faltou ao time no jogo. “Faltou o gol. Criamos 4 ou 5 oportunidades de gol clara. O Criciúma criou duas oportunidades de gol. Na primeira foi um arremate e não uma jogada de gol. Eles foram mais competentes e eficientes que nós. Temos que aceitar a nossa derrota pela nossa incompetência e por não ter feito pelo menos dois gols nas chances que criamos” comentou o experiente treinador.

O arremate citado foi aos 19 minutos. O lateral Claudinho recebeu no bico da área e acertou uma bomba. Na sequência o Ituano poderia ter empatado. No cruzamento do Pacheco, Tiago Marques erra o cabeceio. A melhor oportunidade foi numa falta sofrida pelo Gerson Magrão num lance individual. Ele mesmo cobra e o goleiro Gustavo voa para colocar para escanteio. Com 40 segundos da etapa final, novamente Gerson Magrão finaliza rasteira, de fora da área e a bola raspa o poste. Quatro minutos depois, Igor Henrique cruza, o goleiro Gustavo sai errado e o Tiago Marques pega o rebote. A bola subiu e saiu por cima. Até que aos 36 num contragolpe bem trabalhado, Dudu Viera finaliza com muita precisão da entrada da área. Antes mesmo deste segundo gol, o técnico Mazola já havia feito 4 alterações tentando mudar o cenário da partida. “Hoje os atletas que entraram no jogo não foram bem. Ao contrário dos outros jogos que fizeram a diferença. Neste jogo o banco não somou nada e não acrescentou nada. Entendi que tínhamos que arriscar para buscar o resultado. O Mário saiu por causa do cartão, o Jimenez foi também por causa do cartão. Agora os outros saíram não estavam numa tarde feliz. Ninguém tem cadeira cativa no Ituano. Tentei de tudo para ver a equipe melhorar e quem entrasse tivesse competência para colocar a bola para dentro”

O capitão Matheus Mancini que assumiu a faixa de capitão nos últimos três jogos comenta o resultado. “Na volta do torcedor a gente queria dar alegria para eles nesta bela trajetória que nós estamos fazendo no campeonato, mas hoje foi uma partida que não conseguimos impor o nosso jogo. O Criciúma foi muito competente. Criamos algumas boas situações de gol, mas não marcamos. Foi isso que faltou”. Embora tenha sofrido a derrota em casa após 18 jogos, e perdido uma invencibilidade de 10 partidas na Série C, a situação do Ituano nesta 2ª Fase não é crítica. Com 3 pontos conquistados fora de casa, o time está em segundo no grupo e ainda tem jogo nesta segunda entre Paysandu e Botafogo em Belém. Dependendo do resultado, ainda permanecerá com a segunda colocação. E tem dois jogos no Novelli Júnior para realizar. “Não vou projetar os últimos 4 jogos. Quero dizer que os dois próximos jogos contra o Paysandu será uma decisão de mata mata. O mata mata voltou. Estes dois jogos contra o Paysandu vão indicar se o Ituano vai subir ou não” afirmou Mazola Júnior. O jogo Ituano e Paysandu está marcado para o próximo sábado, as 17 horas no Novelli Júnior. “A projeção é que serão duas finais com dois jogos importantes que vão decidir nossa ascensão” afirmou Matheus Mancini. A vontade de todos no Ituano é que desta vez o torcedor volte para suas casas felizes com um bom resultado do Galo de Itu!

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografo

10/outubro