Sem perder o foco


23 de janeiro de 2020 | Notícias

O Ituano perdeu na estreia do Paulista para o Palmeiras. No sábado tenta a reabilitação contra o Oeste.

O Ituano começou o Campeonato Paulista como muito clubes gostariam. Tendo uma base formada e que se conhece. No jogo de estreia contra o Palmeiras, haviam 5 titulares do campeonato do ano passado. Pegorari, Jonas, Ricardo Silva, Baralhas e Serrato. Outros 3 titulares da Série D onde se conseguiu o acesso. Mateus, Paulinho Dias e o artilheiro Gui Mendes. E o técnico Vinicius Bergantin que vai está há dois anos e meio no clube, promoveu a estreia de apenas três atletas. O lateral Breno Lopes e os atacantes Hugo Cabral e Minho. Com bom entrosamento do elenco e uma preparação que se iniciou no final de novembro, era de esperar que mesmo enfrentando o forte Palmeiras, o Ituano poderia jogar bem e de igual para igual. Conseguiu isso no primeiro tempo. No segundo tempo, mudou o lado e mudou o jogo. O Ituano estreou com uma derrota de 4×0 no Novelli Júnior. “Fizemos um primeiro tempo bom, fechando os espaços e dificultando o Palmeiras. Não conseguimos manter essa consistência ao longo do jogo. Os erros contra uma equipe qualificada você paga caro. Não queríamos que isso acontecesse, mas não podemos achar que estamos no caminho errado. É preciso ter calma, pés no chão e é apenas um sinal de alerta” analisou Vinicius Bergantin. Foi só o primeiro jogo da competição. Justamente contra um dos 4 grandes. O importante é não perder o foco na competição.

Com uma marcação determinada e implacável, sem ser violenta, o Ituano impediu o Palmeiras de trocar passes e chegar a sua área. O jogo ficou lento em alguns momentos e permaneceu controlado. Foram apenas duas boas chances de gol. Uma de cada lado. Lucas Lima consegue finalizar para boa defesa de Pegorari. No minuto seguinte, Serrato recebe no meio, avança e chuta forte para o gol. A bola passa perto e assusta a torcida adversária. No segundo tempo tudo mudou. O Palmeiras volta mais rápido e consegue marcar um gol em bola mal rebatida logo aos 6 minutos com Lucas Rocha. Aos 12 em outra bola mal rebatida, chegou ao segundo gol com Lucas Lima. O Ituano não conseguiu reagir e o Palmeiras tocando a bola marcou mais dois gols. Com Zé Rafael após cruzamento de Marcos Rocha e William após bom passe de Zé Rafael. Com a derrota já definida, o Ituano quase chegou ao gol de honra. Primeiro com Luizinho de bicicleta. Weverton colocou para escanteio. E novamente com Luizinho que deu um chapéu, tocou para Jonas que deixou Taliari de frente para o gol. Pena que finalizou por cima. “Vamos bater um papo com o grupo e levantar a moral para podermos reagir no sábado. Não vou descartar mudanças táticas e técnicas, mas vamos buscar a melhor formação para enfrentar o Oeste” afirmou Bergantin. O Ituano perdeu o jogo, mas pode perder o foco.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

23/janeiro