Uma derrota a lamentar


26 de outubro de 2020 | Notícias

Jogadores lamentam a derrota em Londrina

Time jogou melhor e finalizou mais. Só que a vitória foi do Londrina.

O Ituano neste segundo turno da Série C vinha de uma sequência de 3 jogos sem sofrer gols e subindo na tabela de classificação. Ocupando a 6a posição, sabia que o jogo era muito importante para as pretensões do elenco de entrar na briga pelo G4. O adversário Londrina também vinha de ascensão e estava na frente com 17 pontos. Após um primeiro tempo de poucas emoções, o Ituano foi a frente e teve o domínio das ações. Finalizou mais, criou mais oportunidades de gols, e ainda teve um lance de falta em Guilherme dentro da área que o árbitro não anotou. Na única oportunidade de gol criada, o Londrina fez o gol da vitória marcado aos 28 do segundo tempo. “Infelizmente nós não conseguimos transformar em resultado a nossa performance. Isso gera uma frustação. Nós conseguimos produzir e tivemos o controle do jogo, mas não conseguimos fazer o gol. Temos que continuar insistindo, porque assim estaremos mais próximos da vitória. É sim uma frustação. Temos que matar o jogo. Vamos transformar este domínio em vitória. Estamos chateados” lamentou o capitão Paulinho Dias. “É muito difícil este tipo de derrota do que aquela que você não consegue jogar. Os atletas se dedicaram e executaram um plano de jogo muito bom. Tiveram ótimas oportunidades, mas infelizmente não conseguiram marcar. Chega a doer, é frustrante, mas temos que continuar neste caminho. Estamos vendo coisas boas. Não vamos dar um passo atrás. Vamos continuar trabalhando, dando confiança para chegarmos a vitória” explicou o técnico Vinícius Bergantin.

Os primeiros 45 minutos no estádio do Café não teve emoção. Nenhuma finalização ao gol. No segundo tempo, com a entrada de Kadu no Ituano e depois a entrada de Bruno Mota, o Ituano foi mais perigoso. O primeiro lance foi no cruzamento de Kadu para a finalização de Guilherme. No momento do chute ele foi tocado pelos dois pés do zagueiro que pulou para interceptar o chute e acertou a perna de Guilherme. O árbitro não anotou a falta que seria pênalti. Em outro lance, chute da direita de Léo Duarte que surpreendeu o goleiro Dalton. A bola fez uma curva e quase entrou. Em falta cobrada pelo Taliari aos 18 passou perto. Em contra ataque puxado pelo Kadu na esquerda, ele cruzou para Bruno Mota quase abrir o placar. Até que na única tentativa do Londrina, em jogada de habilidade de Vitor Daniel pela esquerda e ele fez o gol da vitória na saída do Pegorari. O Ituano seguiu atacando. Fillipe Souto bateu forte e rasteiro da entrada da área e a bola bateu no poste e saiu. “Foi um jogo muito consistente da nossa parte. Tivemos todo o domínio da partida. Mantivemos a bola nos pés, teve paciência para as infiltrações e buscar a finalização. Infelizmente numa bola eles fizeram o gol e saíram vencedores. Fica a lição que precisamos ter um pouco mais de eficiência para matar o jogo. Também não vejo só coisa ruim. Tento extrair coisa boa. Temos que manter a concentração no nosso objetivo, embora temos perdidos três pontos, temos chance de brigar pela classificação” afirmou Fillipe Souto. No final ainda tiveram outras duas boas chances de empate. Com o zagueiro Mateus de cabeça após escanteio e numa cobrança de falta colocada do goleiro Pegorari. A bola passou muito perto! Esta foi sua segunda tentativa. Em algum momento ela vai entrar.

Com a derrota, o Ituano caiu uma posição. Está na 7a colocação e nesta quinta já volta a campo para enfrentar o líder Brusque no Novelli Júnior. “Estamos na briga. Neste returno começamos bem, tomamos um gol em em 4 jogos. Quase não fomos ameaçados hoje com chutes a gol. Encontramos uma forma competitiva de jogar. Isto é mérito de todos e do nosso trabalho. Mas é hora de vencer. Vencemos no jogo passado e quinta não pode escapar” afirmou Fillipe Souto. A vitória passada colocou o Ituano de volta na briga pelo campeonato. Uma vitória na próxima quinta, poderá colocar o Ituano no G4 na abertura da próxima rodada. “O Ituano está briga. Mesmo com alterações por vários motivos, estamos mantendo uma equipe competitiva. Isso demonstra a força do elenco. Hoje estreou mais um garoto, o Gustavo. Outros estão se firmando cada vez mais. Quem vem entrando vem aumentando o nível de jogo e a qualidade está se mantendo. Isso é ótimo. Mas temos que nos cobrar, pois não podemos só fazer jogos bons, e sim transforma-los em vitórias” comentou Vinicius Bergantin. “Vamos digerir esta derrota e trabalhar até quinta feira. Queremos contra o Brusque ter uma performance melhor que foi hoje, criando chances e transformar estas chances em gol e consequentemente em vitória” finalizou Paulinho Dias.

Acaz Fellegger
Jornalista Mtb 19.426 SP

Miguel Schincariol
Fotografia

26/outubro